Arquivo da tag: Audi YCSA Sailing Team

Dupla do Audi YCSA Sailing Team vence Paulista de 29er

Antonio e Alexander | Foto: Marco Del Porto / YCSA
Antonio e Alexander | Foto: Marco Del Porto / YCSA

Antonio Aranha e Alexander Essle conquistaram o título estadual neste domingo (8) na Represa Guarapiranga

São Paulo (SP) – Antonio Aranha e Alexander Essle conquistaram o título do 1º Campeonato Paulista da classe 29er encerrado neste domingo (8) na Represa Guarapiranga, com sede no Yacht Club Santo Amaro (YCSA). A dupla do Audi YCSA Sailing Team obteve dois primeiros e dois segundos lugares, nas regatas disputadas sábado e domingo com chuva forte e vento fraco. Gustavo Abdulklech e Richard Hilbert, do Iate Clube do Rio de Janeiro (ICRJ) ficaram na segunda colocação, seguidos por Renê Hormazabal e Fábio Melcher, de Ilhabela e São Sebastião, respectivamente. Ambas as duplas venceram uma regata.

Os campeões | Foto: Marco Del Porto / YCSA
Os campeões | Foto: Marco Del Porto / YCSA

“Foi um campeonato muito difícil, com pouco vento e muita chuva. Além de fraco, o vento estava muito rondado, com algumas rajadinhas, uma característica da represa. Mas gostamos muito de velejar de 29er, será nossa prioridade até a Copa da Juventude em setembro, aqui mesmo na represa”, considerou Antonio após vencer a única regata de domingo. A Copa da Juventude classificará o campeão de cada classe ao Mundial da Juventude, em janeiro de 2016 na Malásia.

“É super legal velejar com mais barcos na raia. A classe está crescendo. Nosso próximo objetivo é o Brasileiro de 29er, valendo vaga para o Mundial da classe, em agosto no País de Gales. Não fomos os mais rápidos na raia, mas fomos os que cometeram menos erros. Foi muito divertido”, analisou Alexander, parceiro de Antonio. A dupla do YCSA havia vencido o Audi 29er Challenge no fim de 2014 na Guarapiranga.

O Campeonato Brasileiro será disputado de 18 a 21 de abril, com sede no próprio YCSA. O Paulista reuniu seis barcos e a expectativa para o Brasileiro é de no mínimo oito embarcações. Das oito regatas previstas, apenas quatro foram disputadas. O descarte do pior resultado seria adotado a partir da quinta largada. Duas provas seriam suficientes para validar o campeonato. “É um número interessante de barcos para uma classe ainda em formação no País. Está evoluindo”, afirmou Marco Del Porto, coordenador de Vela do YCSA e responsável pela 29er no Brasil.

Classe 29er na Guarapiranga | Foto: Gabriel Heusi / CBVela
Classe 29er na Guarapiranga | Foto: Gabriel Heusi / CBVela
Audi Challenge | Foto: Marco Del Porto / YCSA
Audi Challenge | Foto: Marco Del Porto / YCSA

Classificação do Paulista de 29er
1.Antonio Aranha / Alexander Essle (YCSA) – 6 pontos perdidos
2.Gustavo Abdulklech / Richard Hilbert (ICRJ) – 10 pp
3.Renê Hormazabal / Fábio Melcher (Ilhabela) – 10 pp
4.Lucas Cazale / Lucas Mirow (ICRJ) – 19 pp
5.Martin Lowy / Nicolas Garcis (YCSA) – 20 pp
6.Marina Bomeisel / Nicole Buck (YCSA) – 23 pp

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044

Yacht Club Santo Amaro recebe Paulista da classe 29er

Antonio e Alexander | Foto: Marco Del Porto / YCSA
Antonio e Alexander | Foto: Marco Del Porto / YCSA

Pelo menos três tripulações do Audi YCSA Sailing Team competem neste fim de semana (7 e 8/3) na Represa Guarapiranga

São Paulo (SP) – A classe 29er, praticada em massa na Europa e Austrália desde 1998 entre os jovens velejadores, procura percorrer o mesmo rumo no Brasil. A flotilha da classe ainda está em formação no País, mas aos poucos vai ganhando força. Neste final de semana (7 e 8/3) o Yacht Club Santo Amaro (YCSA) recebe pelo menos seis embarcações no Campeonato Paulista de 2015. A Classe 29er Brasil e a Federação de Vela do Estado de São Paulo (Fevesp) também organizam a competição.

O Audi YCSA Sailing Team confirma as participações de três duplas: Antônio Aranha/Alexander Essle, Martin Lowy/Marcelo Peek e Marina Bomeisel/Nicole Buuck. Antônio e Alexander levam para a raia 1 da Represa Guarapiranga o título do Audi 29er Clallenge conquistado em 2014 no mesmo percurso. Martin Lowy está em campanha olímpica na classe Nacra 17. Três duplas “de fora” também já garantiram presença: Renê Hormazabal/Fábio Melchert, de Ilhabela/São Sebastião; Gustavo Abdulklech/Richard Hilbert e Lucas Cazaro/Lucas Mirow, ambas do Rio de Janeiro.

Duelo de 29er na Guarapiranga  | Foto: Marco Del Porto / YCSA
Duelo de 29er na Guarapiranga | Foto: Marco Del Porto / YCSA
Audi Challenge | Foto: Marco Del Porto / YCSA
Audi Challenge | Foto: Marco Del Porto / YCSA

O coordenador de Vela do YCSA, Marco Del Porto, é o responsável pela classe no Brasil e aposta na gradativa popularização do 29er. “Podemos considerar o Paulista como um dos campeonatos mais técnicos do País. Será um aquecimento de luxo para o Brasileiro da classe entre 18 e 21 de abril, também na Guarapiranga, com previsão de um número ainda maior de barcos”. Os campeões brasileiro de 2015 receberão da CBVela passagens aéreas para disputar o Mundial no Reino Unido. Um dos caminhos para os velejadores da 29er é migrar para a classe olímpica 49er, em breve futuro.

O regulamento do Campeonato Paulista prevê oito regatas, com o máximo de quatro largadas por dia. São necessárias no mínimo duas provas para validar a competição. A partir da quinta regata será descartado o pior resultado. A primeira largada de sábado está prevista para às 13h e no domingo, às 12h. A previsão da TempoOk! para o sábado indica ventos entre oito e nove nós (14 a 16 km/h) na Represa Guarapiranga, com chuva e temperatura entre 24ºC e 25ºC, situação que deve se repetir no domingo.

Marco Del Porto | Foto: Divulgação/YCSA
Marco Del Porto | Foto: Divulgação/YCSA

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044

Paulista de 29er 2015 será na Represa Guarapiranga

232696_432661__ycsa_regata_29er

Dias 07 e 08 de Março acontece o Campeonato Paulista da Classe 29er 2015.

No próximo final de semana, 07 e 08 de Março, o YCSA abre o movimentado calendário de Março com o Campeonato Paulista de 29er 2015.

É o primeiro das quatro disputas que acontecerão até o fim do primeiro trimestre do ano.

Organizado pelo Yacht Club Santo Amaro, FEVESP e Classe 29er Brasil, estão programadas oito regatas sendo quatro por dia. Não há taxa de inscrição e ela pode ser feita online, através do nosso site no link: Inscrição Online – Campeonato Paulista de 29er 2015

Audi YCSA Sailing Team na raia!

A classe 29er é uma das classes da vela jovem contempladas pela parceria entre o YCSA e a Audi do Brasil. Nos dias 07 e 08 de Março, as duplas da Audi YCSA Sailing Team estarão na raia da Represa Guarapiranga novamente, em mais uma disputa.

Em Agosto do ano passado, aconteceu a primeira edição do Audi 29er Challenge no YCSA. Com apoio da CBVela e da FEVESP, a dupla formada por Antônio Aranha e Alexander Essle levou o ouro para casa, seguidos por Leo Lombardi / Marcelo Peek e André Fiuza / Stephan Kunath.

Clique aqui para baixar o AR do campeonato.

Fonte: YCSA

Audi YCSA Sailing Team lança vídeo para celebrar apoio à vela jovem

Vídeo Audi YCSA | Divulgação/YCSA
Vídeo Audi YCSA | Divulgação/YCSA

Atletas e dirigentes do Yacht Club Santo Amaro enaltecem a parceria dedicada aos jovens velejadores que começam a representar o País em regatas internacionais

São Paulo (SP) – Às vésperas de completar um ano de parceria com a Audi do Brasil, o Yacht Club Santo Amaro (YCSA) apresenta vídeo dedicado ao projeto que destina aos velejadores das classes de base os recursos necessários para a formação de atletas de alto rendimento, tradição do clube onde “nasceram” os campeões olímpicos Robert Scheidt e Alex Welter.

O comodoro do YCSA, Mark Essle e o gerente geral Marcos Biekarck, ambos velejadores, enaltecem o apoio que viabiliza a participação competitiva do Audi YCSA Sailing Team em regatas nacionais e internacionais, a contratação dos melhores técnicos para cada classe e a aquisição de barcos, velas e equipamentos que permitem velejar-se em alto nível tanto nos treinos quanto nas competições.

O vídeo conta com as participações de Eric Belda e Rodrigo Dabus, campeões sul-americanos de 420; André Fiuza e Stephan Kunath, terceiros no Sul-Americano e no Brasileiro de 420; Philipp Essle, campeão da Copa da Juventude e que em 2014 disputou o Mundial da classe na Alemanha e o Mundial da Juventude em Portugal; Theo Chao, um dos melhores estreantes no Brasileiro de Optimist, além de outros atletas. As imagens das regatas foram registradas em Ilhabela, Florianópolis e na Represa Guarapiranga, sede do YCSA.

Equipe de Optimist  | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Equipe de Optimist | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Audi YCSA Sailing Team | Divulgação/YCSA
Audi YCSA Sailing Team | Divulgação/YCSA

O juiz internacional, Nelson Ilha, esteve recentemente no YCSA onde passou o dia com os jovens velejadores. Entre palestras informais sobre regras e simulações práticas de regatas, também participou do vídeo. O árbitro elogia a iniciativa do investimento na base da vela, fundamental para que se mantenha a qualidade no esporte que rendeu 17 medalhas olímpicas ao País. “O atleta tem de aproveitar o apoio e fazer a parte dele: ser pontual, cuidar do barco, dedicar-se aos treinos e promover a amizade para que a equipe se torne uma família. Disciplina é fundamental”, recomenda Nelson, com cinco olimpíadas no currículo.

Assista ao vídeo:
youtube/ycsa

Classe 420 em Ilhabela | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Classe 420 em Ilhabela | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Optimist na Guarapiranga  | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Optimist na Guarapiranga | Foto: Volnys Bernal / YCSA

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044

Audi YCSA vence regatas na Guarapiranga

André e Stephan, campeões na 420 | ZDL / Divulgação
André e Stephan, campeões na 420 | ZDL / Divulgação

Taça Geraldo Peixoto, do Yacht Club Santo Amaro (YCSA), levou 44 barcos das classes de base da vela, Optimist e 420, à represa neste domingo (8)

São Paulo (SP) – As flotilhas de Optimist e de 420 do Audi YCSA Sailing Team foram maioria entre os 44 barcos inscritos na Taça Geraldo Peixoto disputada neste domingo (8) na Represa Guarapiranga. O equilíbrio prevaleceu nas duas classes da vela jovem. Na Optimist os quatro primeiros somaram dez pontos perdidos. Na 420, segundo e terceiro colocados obtiveram 11 pontos, o quarto e o quinto perderam 12, enquanto a dupla campeão ficou com sete pontos.

O Audi YCSA Sailing Team ocupou as três posições do pódio da 420, disputada por nove tripulações. O título ficou com André Fiúza e Stephan Kunath, após um quinto e dois primeiros lugares nas três regatas de domingo, com vento sul-sueste, variando de 6 a 12 nós (10 a 20 km/h). Nos critérios de desempate, Martin Lowy e Marcelo Peek levaram a medalha de prata, deixando o bronze para Olivia Belda e Marina Arndt. A dupla masculina obteve o segundo lugar como melhor resultado contra um terceiro das meninas. As regatas previstas para sábado (7) foram canceladas devido à forte chuva e aos ventos com rajadas de até 30 nós (55 km/h).

Martin Lowy e Marcelo Peek | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Martin Lowy e Marcelo Peek | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Largada da Optimist | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Largada da Optimist | Foto: Volnys Bernal / YCSA

“O vento de verão oscila muito na represa. Foi um campeonato difícil porque tivemos de escolher uma regulagem intermediária para as velas. O Pedro Corrêa (quarto colocado com Philipp Essle) velejou muito bem e esteve nos ameaçando”, analisou André, enquanto seu parceiro Stephan lamentou a ausência dos campeões sul-americanos Eric Belda e Rodrigo Dabus. “Eles são a nossa referência. Têm mais experiência e podemos aprender com eles porque trocamos muitas informações fora da água”. Eric passou o dia no YCSA cuidando do barco. Rodrigo, fortemente gripado, não saiu de casa.

Apesar de juntos há apenas seis meses, os resultados recentes demonstram a evolução de André e Stephan. “Estamos treinando em quase todos os finais de semana. Na represa ou em Ilhabela, dependendo de onde o barco estiver. É o que nos faz velejar melhor a cada campeonato”, justificou André. O próximo objetivo da dupla é o Sul-Americano de 420, em San Isidro, na província de Buenos Aires, durante a Páscoa. Ambos ficaram em terceiro lugar no último Sul-Americano em Porto Alegre e também no Brasileiro, mês passado em Ilhabela.

Disputa acirrada – A definição do vencedor na classe Opitimist, entre os 35 velejadores inscritos, teve de ser no critério de desempate, considerando-se maior número de primeiros, segundos, terceiros lugares e assim sucessivamente. Matheus Oliveira da Escola de Vela de Ilhabela (EVI) foi o campeão. Dois atletas do Audi YCSA Sailing Team completaram o pódio: Nicolas Bernal, de apenas 12 anos e ainda juvenil, com a prata e Martin Chao com o bronze.

Matheus Oliveira, campeão na OP | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Matheus Oliveira, campeão na OP | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Nicolas Bernal, vice na OP | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Nicolas Bernal, vice na OP | Foto: Volnys Bernal / YCSA

“O campeonato foi bastante disputado. Senti a diferença na represa porque no mar o vento é mais constante”, considerou Matheus, o campeão. Para o vice, Nicolas, a terceira regata foi decisiva. “Ganhei a última prova quase em cima da linha de chegada. Os que estavam na minha frente cambaram (manobraram) antes e eu permaneci no mesmo rumo. O vento me favoreceu”. Martin Chao enfrentou a oscilação do vento para ficar em terceiro. “A intensidade do vento variou o tempo todo, o que exigiu máxima atenção durante as regatas”.

A movimentação na Guarapiranga foi acompanhada de perto pelo técnico do Audi YCSA Sailing Team, Bernardo Arndt, o Baby, atento ao desempenho de seus atletas, deslocando-se de bote no entorno da Raia 1. “As regatas em represa são fundamentais do ponto de vista tático. Eles têm de se adaptar às situações de mar e de represa. Vejo as tripulações (de 420) muito motivadas. É o que determina a evolução. O importante é que nessa fase não quebrem o ritmo de treinos. É preciso que tenham foco para conciliar escola e vela”, recomendou Baby.

Baby, técnico da 420 | ZDL / Divulgação
Baby, técnico da 420 | ZDL / Divulgação

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044

YCSA é sede da Taça Geraldo Peixoto na Guarapiranga

Eric e Rodrigo na 420 | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Eric e Rodrigo na 420 | Foto: Volnys Bernal / YCSA

Flotilhas das classes Optimist e 420 do Audi YCSA Sailing Team disputam as regatas deste fim de semana (7 e 8) na Represa Guarapiranga

São Paulo (SP) – O Yacht Club Santo Amaro (YCSA) organiza neste fim de semana (7 e 8) seu primeiro evento da temporada na Represa Guarapiranga. O ano de 2015 será inaugurado com a Taça Geraldo Peixoto, ex-Taça Flotilha da Garoa, com a previsão de seis regatas, máximo de três por dia. A competição reúne barcos Optimist e 420, classes de base da vela que competem na Raia 1, destinada aos veleiros de menor porte, capazes de navegar mesmo com o nível mais baixo da represa.

São esperadas cerca de 50 embarcações, dez da classe 420 e 40 da Optimist, entre inscrições do YCSA, outros clubes do entorno da Guarapiranga e velejadores do litoral norte de São Paulo. O Audi YCSA Sailing Team leva à raia, velejadores considerados favoritos. Na 420, a dupla Eric Belda e Rodrigo Dabus conquistou o título sul-americano em dezembro em Porto Alegre e o vice brasileiro há 15 dias em Ilhabela. André Fiuza e Stephan Kunath, terceiros em ambas as competições, também estão confirmados, assim como Olivia Belda e Marina Arndt, melhor dupla feminina no Brasileiro.

Olivia e Marina na 420 | Foto: Silas Azocar/PMI
Olivia e Marina na 420 | Foto: Silas Azocar/PMI
Optimists na Guarapiranga | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Optimists na Guarapiranga | Foto: Volnys Bernal / YCSA

Na Optimist, os destaques do Audi YCSA Sailing Team são: Martin Chao, Nicolas Bernal e Leonardo Didier, que subiu ao pódio da categoria mirim no Brasileiro disputado em janeiro na Baía de Guanabara. As regatas deste fim de semana serão disputadas em percurso barla-sota (demarcado por duas boias) ou trapezoidal. A partir da quinta regata descarta-se o pior resultado. As primeiras largadas estão marcadas às 13h00. Além do YCSA, Classe Optimist São Paulo (COSP), Classe 420 SP e Fevesp, organizam o campeonato.

Meia vida dedicada ao YCSA – A mudança de nome da competição deve-se a uma justa homenagem. Geraldo Peixoto é o mais antigo funcionário do YCSA. No próximo dia 1º de março completa 32 anos de serviços prestados ao clube. O mineiro de 64 anos dedicou até hoje metade de sua vida aos associados que o chamam carinhosamente de seo Geraldo. “Sinto-me muito feliz. Não esperava tamanha alegria. Recordo o dia em que cheguei. Não sabia nada e entrei como ajudante-geral”, conta o funcionário que já foi o responsável pela piscina e hoje tem o cargo de supervisor náutico.

Geraldo Peixoto, justa homenagem | Divulgação/YCSA
Geraldo Peixoto, justa homenagem | Divulgação/YCSA

Geraldo acompanhou a evolução de associados como Robert Scheidt, João Hackerott e Rique Vanderley e orgulha-se por tê-los ajudado desde a época do Optimist. “Sempre estava na rampa para levar os barcos deles para a água e depois trazê-los de volta ao hangar, quando as regatas acabavam. Ajudei muito essa turma e se precisar ajudarei novamente”, afirma Geraldo, sempre solícito, esbanjando humildade e simpatia.

Atualmente, Geraldo acompanha as disputas na Guarapiranga embarcado, junto à raia como integrante da Comissão de Regatas (CR). “Ajudo a organizar as largadas, contar os barcos, ver se alguém largou escapado. Aprendi muito trabalhando aqui. O YCSA é muito importante na minha vida. Tudo o que conquistei e tenho hoje, veio do meu trabalho neste clube”, resume o supervisor demonstrando que seu empenho foi reconhecido.

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044

 

João Hackerott, do YCSA, conquista título brasileiro no Rio

João Hackerott, campeão | Foto: Fred Hoffmann/ICRJ
João Hackerott, campeão | Foto: Fred Hoffmann/ICRJ

O velejador paulista venceu nesta quinta-feira (29) o Campeonato Brasileiro de Laser Radial. Martin Lowy, do Audi YCSA Sailing Team, terminou em quinto entre 48 velejadores

São Paulo (SP) – Com quatro atletas, sendo dois do Audi YCSA Sailing Team, o Yacht Club Santo Amaro (YCSA) ocupou duas das cinco primeiras colocações entre os 48 velejadores que disputaram o Campeonato Brasileiro Masculino da Classe Laser Radial nos últimos cinco dias na raia olímpica da Baía de Guanabara. João Hackerott conquistou a medalha de ouro, com apenas um ponto perdido a menos (22 a 23) do que Gustavo Nascimento, do Iate Clube do Rio de Janeiro (ICRJ), anfitrião do evento. Martin Lowy, do Audi YCSA, de apenas 18 anos e uma das promessas da nova geração, foi o quinto colocado.

Martin Lowy no Rio | Foto: Fred Hoffmann/ICRJ
Martin Lowy no Rio | Foto: Fred Hoffmann/ICRJ
João Hackerott no Rio | Foto: Fred Hoffmann/ICRJ
João Hackerott no Rio | Foto: Fred Hoffmann/ICRJ

“Foi um campeonato muito disputado e equilibrado porque o Gustavo e o Alex (Veeren, terceiro colocado) velejaram muito bem. Tive a meu favor as previsões da Tempo OK!, que estimaram as condições de vento dos cinco dias de forma precisa”, considerou o campeão. João Hackerott é mestre em meteorologia formado pela USP e conta com o patrocínio da Tempo OK!, site especializado em previsões para velejadores.

“Durante o Brasileiro a média de vento variou entre 15 e 17 nós (26 a 30 km/h), exceto nas duas primeiras regatas, em que os ventos não passaram de oito nós. Eu costumo velejar melhor com ventos mais fracos, mas me superei e estou muito feliz”, comemorou Hackerott que havia conquistado o Brasileiro de Laser Radial em 2007, em Brasília. Entre os demais velejadores do clube da Represa Guarapiranga, Nicolas Garcia, do Audi YCSA Sailing Team, foi o 19º. Eduardo Guimarães e André Schwarz (máster) ficaram em 29º e 31º lugares, respectivamente.

artin na Laser Radial | Foto: Fred Hoffmann/ICRJ
artin na Laser Radial | Foto: Fred Hoffmann/ICRJ
244408_471141_ycsa_rio_nicolas_fred_ok_ok
Nicolas Garcia | Foto: Fred Hoffmann/ICRJ

Com organização do Iate Clube do Rio de Janeiro e Associação Brasileira da Classe Laser, o campeonato contou com embarcações de seis estados (SP, RJ, RS, SC, BA e PR), mais o Distrito Federal. Foram disputadas dez regatas, duas por dia, de domingo à quinta-feira (29), incluindo-se dois descartes após a oitava prova. A Laser Radial tem área vélica de 5,7 m², enquanto nos barcos da Laser Standard, classe olímpica de Robert Scheidt, a área da vela é de 7,1 m².

Classificação após 10 regatas (2 descartes):
1.João Hackerott (YCSA): 1+2+(7)+(8)+5+3+3+1+4+3 = 22 pontos perdidos
2.Gustavo Nascimento (ICRJ): 6+6+1+1+3+(49)+2+2+(11)+2 = 23 pp
3.Alex Veeren (ICSC): 7+1+(49)+(10)+1+1+1+3+10+1 = 25 pp
4.Henrique Back (ICSC): 8+4+2+(9)+2+2+5+4+(13)+(49) = 36 pp
5.Martin Lowy (YCSA): 2+(18)+9+2+4+7+6+8+(29)+6 = 44 pp
6.Alan Willy (VDS): 5+3+(18)+12+(18)+5+8+10+7+4 = 54 pp
ICSC: Iate Clube de Santa Catarina
VDS: Veleiros do Sul (RS)

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044

Martin Lowy, do Audi YCSA, defende pódio de 2014 em regatas no Rio

Martin Lowy | Foto: Euroradialyouth
Martin Lowy | Foto: Euroradialyouth

Atleta do Audi YCSA Sailing Team faz pausa na classe olímpica Nacra 17 para tentar repetir o pódio de 2014 no Brasileiro de Laser Radial

São Paulo (SP) – O Audi YCSA Sailing Team terá dois representantes no Campeonato Brasileiro Masculino de Laser Radial, a partir deste domingo (25) no Rio de Janeiro. Martin Lowy e Nicolas Garcia estão entre os 35 velejadores inscritos na competição que tem como sede o Iate Clube do Rio de Janeiro (ICRJ). Martin brigará novamente pelo pódio. Foi bronze no Brasileiro de 2014 em Recife, além de conquistar o título de campeão nacional na Laser 4.7, há um ano, no mesmo local.

Após dominar a Laser Radial na última temporada, conquistando também a Copa da Juventude, em Florianópolis, e chegando ao quarto lugar no Mundial da Juventude, em Portugal, Martin migrou para a classe olímpica Nacra 17, onde desenvolve campanha ao lado de Adriana Overgoor. “Chegamos a ganhar uma regata de Nacra na Copa Brasil, em dezembro, também no Rio, mas nosso foco é 2020”, avisa Martin enquanto retorna por alguns dias à classe Laser, na qual obteve seus melhores resultados.

Nicolas Garcia | Foto: Divulgação / YCSA
Nicolas Garcia | Foto: Divulgação / YCSA

Por coincidência, os amigos, e na água adversários, Nicolas e Martin, iniciam neste ano o curso de Administração na ESPM. Só não sabem ainda se estarão na mesma classe. “Quero continuar velejando na Laser, porém, agora com a faculdade são dois focos. Mas como temos o apoio da Audi, pretendo disputar nesta temporada outros campeonatos importantes, como o Mundial da Juventude, em dezembro, na Malásia”, pondera Nicolas, terceiro na sub-19 no Brasileiro de 2014.

Além dos representantes do Audi YCSA Sailing Team, o Yacht Club Santo Amaro terá outros dois velejadores nesta semana no Rio de Janeiro: Eduardo Guimarães e André Schwarz. Com organização do Iate Clube do Rio de Janeiro e Associação Brasileira da Classe Laser, o campeonato contará com embarcações de seis estados (SP, RJ, RS, SC, BA e PR), mais o Distrito Federal.

Estão programadas dez regatas, sendo duas por dia, de domingo à quinta-feira (29), com um descarte a partir da quinta prova e dois após a oitava. A primeira largada do dia está prevista para as 13h. A Laser Radial tem área vélica de 5,7 m², enquanto nos barcos da Laser Standard, classe olímpica de Robert Scheidt, a área da vela é de 7,1 m².

Martin e Scheidt, associados do YCSA | Foto: ZDL/Divulgação
Martin e Scheidt, associados do YCSA | Foto: ZDL/Divulgação

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044

Audi YCSA leva duas duplas ao pódio em Ilhabela

Eric e Rodrigo, prata para o YCSA | Foto: Silas Azocar/PMI
Eric e Rodrigo, prata para o YCSA | Foto: Silas Azocar/PMI

Eric Belda/Rodrigo Dabus e André Fiuza/Stephan Kunath conquistaram prata e bronze no Brasileiro da classe 420 encerrado nesta quarta (21) no litoral norte de São Paulo

São Paulo (SP) – O Audi YCSA Sailing Team voltou a mostrar a força de sua flotilha da classe 420 no Campeonato Brasileiro encerrado em Ilhabela (SP) nesta quarta-feira (21). As duplas Eric Belda/Rodrigo Dabus e André Fiuza/Stephan Kunath ocuparam dois dos três degraus do pódio, conquistando prata e bronze, respectivamente, para o clube da Represa Guarapiranga. O título ficou com os gaúchos Tiago Brito e Andrei Kneipp. Com a vitória de 2014 em Búzios (RJ), a dupla do Jangadeiros do Sul (RS) chegou ao bicampeonato brasileiro de 420.

André e Stephan, no pódio | Foto: Silas Azocar/PMI
André e Stephan, no pódio | Foto: Silas Azocar/PMI

Ao longo de quatro dias foram disputadas dez regatas, com direito ao descarte do pior resultado. Nas duas provas do dia decisivo o vento sul entrou no Canal de São Sebastião com rajadas de até 20 nós (35 km/h). Os campeões na geral, Tiago e Andrei, encerram a competição com 19 pontos perdidos. Eric e Rodrigo somaram 21 e, além do vice geral, ficaram em primeiro na categoria júnior à frente de André e Stephan que perderam 38 pontos.

O técnico do Audi YCSA Sailing Team, Bernardo Arndt, o Baby, coordenou a equipe em Ilhabela e analisou os resultados obtidos pelos seus atletas. “O Eric e o Rodrigo não fizeram o melhor campeonato que poderiam ter feito. Enfrentaram dificuldades, mas sei que poderiam ter ganho. Perderam alguns pontos de forma desnecessária. Temos de considerar, porém, que velejaram contra o Macaco (Tiago Brito), campeão mundial da juventude”.

No geral, Baby mostrou-se satisfeito, ciente de que a evolução faz parte do trabalho desenvolvido com o Audi YCSA Sailing Team. “Se faltou um pouco de experiência ao Eric, faltou também uma confiança a mais ao Fiuza. Eles têm muito potencial e esses ajustes serão feitos naturalmente”, previu Baby, empolgado com o desempenho da dupla feminina. “Olivia e Marina estão velejando com entusiasmo e muita raça. Se continuarem com essa proposta, posso dizer que o futuro poderá ser brilhante”. A dupla ficou em oitavo lugar e foi a melhor entre as mulheres.

Olivia e Marina, primeiras no feminino | Foto: Silas Azocar/PMI
Olivia e Marina, primeiras no feminino | Foto: Silas Azocar/PMI
Tiago e Andrei, campeões | Foto: Silas Azocar/PMI
Tiago e Andrei, campeões | Foto: Silas Azocar/PMI

As demais duplas do Audi YCSA Sailing Team em Ilhabela foram formadas por: Pedro Corrêa e Philipp Essle, Olivia Belda e Marina Arndt, Antonio Aranha e Alexander Essle, Antonio Mazuco e Adriano Peek, Marina Bomeisel e Marco Peek, Victor Gil e Marcelo Peek, Helena de Marchi e Elisa von Fritsch, além de Luisa Ferreira e Lisa Reimer. A próxima competição de 420 será o Sul-americano de 2015, durante a Páscoa, em Buenos Aires. Eric e Rodrigo defenderão o título conquistado há um mês em Porto Alegre.

O evento disputado desde domingo (18) por velejadores inscritos na Federação Internacional de Vela (ISAF) teve organização da Prefeitura Municipal de Ilhabela, Associação Brasileira da Classe 420, CBVela e Coordenação Paulista de 420. As regatas no Canal de São Sebastião. O campeonato reuniu 20 embarcações de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Largada em Ilhabela | Foto: Silas Azocar/PMI
Largada em Ilhabela | Foto: Silas Azocar/PMI

Os dez primeiros no Brasileiro de 420:

1. Tiago Brito e Andrei Kneipp – Clube dos Jangadeiros (RS) – 19 pontos perdidos
2. Eric Belda e Rodrigo Dabus – Audi YCSA – 21 pp
3. André Fiuza e Stephan Kunath – Audi YCSA – 38 pp
4. Thiago Ribas e Erik Hoffmann – Veleiros do Sul (RS) – 45 pp
5. Pedro Zonta e Thomas Rodrigues – Clube dos Jangadeiros (RS) – 48 pp
6. Daniel Lombardi e Gabriel Sequeira – CN Charitas (RJ) – 58 pp
7. Pedro Corrêa e Philipp Essle – Audi YCSA – 66 pp
8. Olivia Belda e Marina Arndt – Audi YCSA – 72 pp
9. Leonardo Lombardi e Rodrigo Luz – Iate Clube RJ – 76 pp
10. Luisa Gandolpho e Marcela Moura – Iate Clube RJ – 84 pp

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044

Yacht Club Santo Amaro disputa título de 420 em Ilhabela

Eric e Rodrigo, em Ilhabela | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Eric e Rodrigo, em Ilhabela | Foto: Volnys Bernal / YCSA

Flotilha da classe 420 do Audi YCSA Sailing Team compete até quarta-feira (21) na Capital Nacional da Vela. Campeões sul-americanos estão em segundo lugar

São Paulo (SP) – Dez duplas do Audi YCSA Sailing Team iniciaram a briga pelo título brasileiro da classe 420 neste domingo (18) em Ilhabela. O campeonato reúne 20 duplas de São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro até esta quarta (21) ou quinta-feira, dependendo das condições de vento. Estão previstas dez regatas no Canal de São Sebastião, com sede na Escola Municipal de Vela de Ilhabela, no Pequeá. Após a quinta prova o pior resultado será descartado.

Entre os favoritos do Yacht Club Santo Amaro (YCSA), estão os atuais campeões sul-americanos da classe, Eric Belda e Rodrigo Dabus, que conquistaram o título em 22 de dezembro no Veleiros do Sul (VDS), em Porto Alegre. A dupla ocupa a vice-liderança em Ilhabela após as três primeiras regatas. O Brasileiro de 420 conta ainda com os medalhistas de bronze no Sul-americano, também do Audi YCSA Sailing Team, André Fiuza e Stephan Kunath, que seguem em terceiro lugar. Os gaúchos, Tiago Brito e Andrei Kneipp lideram a competição. Os representantes do Clube dos Jangadeiros venceram o último campeonato nacional da classe, há um ano, em Búzios (RJ).

As demais duplas do Audi YCSA Sailing Team em Ilhabela são formadas por: Pedro Corrêa e Philipp Essle, em quarto lugar; Olivia Belda e Marina Arndt, Antonio Aranha e Alexander Essle, Antonio Mazuco e Adriano Peek, Marina Bomeisel e Marco Peek, Victor Gil e Marcelo Peek, Helena de Marchi e Elisa von Fritsch, além de Luisa Ferreira e Lisa Reimer.

Regata de 420 em Ilhabela  | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Regata de 420 em Ilhabela | Foto: Volnys Bernal / YCSA

O Campeonato Brasileiro está sendo disputado por velejadores inscritos na Federação Internacional de Vela (ISAF), com organização da Prefeitura Municipal, Associação Brasileira da Classe 420, CBVela e Coordenação Paulista de 420. Por ter etapa única na temporada, a competição do litoral norte de São Paulo define os campeões brasileiros de 2015.

Brasileiro de Optimist – Acabou neste domingo, na Baía de Guanabara, o Campeonato Brasileiro de Optimist, a classe de entrada para a vela. Entre 145 atletas recebidos pelo Iate Clube do Rio de Janeiro, Martin Chao foi o representante do Audi YCSA Sailing Team mais bem classificado, com a 11ª colocação, seguido por Nicolas Bernal, ainda infantil, que obteve classificação para a flotilha ouro (72 barcos) e encerrou o campeonato na 31ª posição. Tiago Quevedo (VDS), Tiago Monteiro (Cabanga Iate Clube), de Pernambuco, e Gabriel Camargo (VDS), ficaram com ouro, prata e bronze, respectivamente.

Nicolas Bernal, no Rio | Foto: YannaCFotografia
Nicolas Bernal, no Rio | Foto: YannaCFotografia
Martin Chao | Foto: YannaCFotografia
Martin Chao | Foto: YannaCFotografia

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044