Todos os posts de Max Gorissen

Sailor and Editor SailBrasil.com.br, SailBrasil Magazine and SailBrasilNews.com

Robert Scheidt encara Mundial de Laser e Pan-Americano

Temporada começa em Miami | Foto: Fred Hoffmann
Temporada começa em Miami | Foto: Fred Hoffmann

Maior atleta olímpico brasileiro terá temporada de competições importantes, como preparação final para os Jogos Rio 2016

São Paulo – A temporada 2015 promete ser intensa para o multicampeão Robert Scheidt. Em busca da sexta medalha olímpica, o velejador terá duas competições em sequência no Canadá, como destaque do calendário. De 29 de junho a 8 de julho, disputa o Mundial de Laser em Kingston. Apenas quatro dias depois, segue para os Jogos Pan-Americanos de Toronto.

“Como é um ano pré-olímpico, 2015 terá competições muito fortes. O Mundial de Laser é o meu principal objetivo nesta temporada, vou brigar pelo 12º título na classe. Já o Pan-Americano é uma oportunidade importante de preparação. Terei muito pouco tempo entre as duas competições, cada uma com uma dinâmica própria, e precisarei dosar bastante o treinamento”, destaca Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas (dois ouros, duas pratas e um bronze) e 14 títulos mundiais, entre Laser e Star. “Terei de ser cauteloso entre treinos e competições para me preservar, fisicamente.”

Primeira parada: Miami – Segundo no ranking mundial da classe Laser, Robert Scheidt inicia a temporada em Miami, na etapa norte-americana da Copa do Mundo de Vela. O velejador, patrocinado por Banco do Brasil, Rolex e Deloitte, com os apoios de Audi, COB e CBVela, viaja para os Estados Unidos nesta terça-feira (20), onde finalizará o treinamento. A competição deve reunir alguns dos principais adversários de Scheidt, também em campanha olímpica, entre os dias 26 e 31.

Scheidt disputa Mundial e Pan em 2015 | Foto: Thom Touw
Scheidt disputa Mundial e Pan em 2015 | Foto: Thom Touw


Calendário 2015

26 a 31/1 – segunda etapa da Copa do Mundo de Vela, Miami (EUA)
30/3 a 04/4 – Trofeo Princesa Sofía, Mallorca (ESP)
12 a 17/5 – Semana Olímpica de Garda (ITA)
29/6 a 08/7 – Mundial de Laser, Kingston (CAN)
12 a 19/7 – Jogos Pan-Americanos de Toronto (CAN)
05 a 22/8 – Evento-Teste para os Jogos do Rio/2016, Rio de Janeiro (BRA)
05 a 15/12 – Copa Brasil, Rio de Janeiro (BRA)

Scheidt: em busca da sexta medalha olímpica | Foto: Thom Touw
Scheidt: em busca da sexta medalha olímpica | Foto: Thom Touw

Maior atleta olímpico brasileiro

Laser
Onze títulos mundiais – 1991 (juvenil), 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002*, 2004 e 2005 e 2013
*Em 2002, foram realizados, separadamente, o Mundial de Vela da Isaf e o Mundial de Laser, ambos vencidos por Robert Scheidt
Três medalhas olímpicas – ouro em Atlanta/1996 e Atenas/2004, prata em Sydney/2000

Star
Três títulos mundiais – 2007, 2011 e 2012*
*Além de Scheidt e Bruno Prada, só os italianos Agostino Straulino e Nicolo Rode venceram três mundiais velejando juntos, na história da classe
Duas medalhas olímpicas – prata em Pequim/2008 e bronze em Londres/2012

Mais informações em www.robertscheidt.com.br

Twitter: @robert_scheidt
Facebook: Robert Scheidt

Local da Comunicação – Juliana Leite (MTB 49.580)
E-mail: juliana@localcom.com.br
Tels: Juliana (11) 3263-0683 e (11) 98457-9704

Yacht Club Santo Amaro disputa título de 420 em Ilhabela

Eric e Rodrigo, em Ilhabela | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Eric e Rodrigo, em Ilhabela | Foto: Volnys Bernal / YCSA

Flotilha da classe 420 do Audi YCSA Sailing Team compete até quarta-feira (21) na Capital Nacional da Vela. Campeões sul-americanos estão em segundo lugar

São Paulo (SP) – Dez duplas do Audi YCSA Sailing Team iniciaram a briga pelo título brasileiro da classe 420 neste domingo (18) em Ilhabela. O campeonato reúne 20 duplas de São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro até esta quarta (21) ou quinta-feira, dependendo das condições de vento. Estão previstas dez regatas no Canal de São Sebastião, com sede na Escola Municipal de Vela de Ilhabela, no Pequeá. Após a quinta prova o pior resultado será descartado.

Entre os favoritos do Yacht Club Santo Amaro (YCSA), estão os atuais campeões sul-americanos da classe, Eric Belda e Rodrigo Dabus, que conquistaram o título em 22 de dezembro no Veleiros do Sul (VDS), em Porto Alegre. A dupla ocupa a vice-liderança em Ilhabela após as três primeiras regatas. O Brasileiro de 420 conta ainda com os medalhistas de bronze no Sul-americano, também do Audi YCSA Sailing Team, André Fiuza e Stephan Kunath, que seguem em terceiro lugar. Os gaúchos, Tiago Brito e Andrei Kneipp lideram a competição. Os representantes do Clube dos Jangadeiros venceram o último campeonato nacional da classe, há um ano, em Búzios (RJ).

As demais duplas do Audi YCSA Sailing Team em Ilhabela são formadas por: Pedro Corrêa e Philipp Essle, em quarto lugar; Olivia Belda e Marina Arndt, Antonio Aranha e Alexander Essle, Antonio Mazuco e Adriano Peek, Marina Bomeisel e Marco Peek, Victor Gil e Marcelo Peek, Helena de Marchi e Elisa von Fritsch, além de Luisa Ferreira e Lisa Reimer.

Regata de 420 em Ilhabela  | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Regata de 420 em Ilhabela | Foto: Volnys Bernal / YCSA

O Campeonato Brasileiro está sendo disputado por velejadores inscritos na Federação Internacional de Vela (ISAF), com organização da Prefeitura Municipal, Associação Brasileira da Classe 420, CBVela e Coordenação Paulista de 420. Por ter etapa única na temporada, a competição do litoral norte de São Paulo define os campeões brasileiros de 2015.

Brasileiro de Optimist – Acabou neste domingo, na Baía de Guanabara, o Campeonato Brasileiro de Optimist, a classe de entrada para a vela. Entre 145 atletas recebidos pelo Iate Clube do Rio de Janeiro, Martin Chao foi o representante do Audi YCSA Sailing Team mais bem classificado, com a 11ª colocação, seguido por Nicolas Bernal, ainda infantil, que obteve classificação para a flotilha ouro (72 barcos) e encerrou o campeonato na 31ª posição. Tiago Quevedo (VDS), Tiago Monteiro (Cabanga Iate Clube), de Pernambuco, e Gabriel Camargo (VDS), ficaram com ouro, prata e bronze, respectivamente.

Nicolas Bernal, no Rio | Foto: YannaCFotografia
Nicolas Bernal, no Rio | Foto: YannaCFotografia
Martin Chao | Foto: YannaCFotografia
Martin Chao | Foto: YannaCFotografia

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044

No Estreito de Malaca, chineses seguem firmes na ponta

Liu Xue, BlackJanuary, 2015. Leg 3 to Sanya onboard Dongfeng Race Team. Day 16. Jack Boutell and Eric Peron, two Dandys and a yacht race.
Liu Xue, BlackJanuary, 2015. Leg 3 to Sanya onboard Dongfeng Race Team. Day 16. Jack Boutell and Eric Peron, two Dandys and a yacht race.

Os barcos da Volvo Ocean Race atravessam, nesta segunda-feira (19), o Estreito de Malaca, um pequeno canal com tráfego marítimo e ventos indecifráveis entre a ilha de Sumatra e a Malásia. A passagem pelo local é um dos pontos mais significativos da regata de Volta ao Mundo, que está em sua terceira etapa – perna entre Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, e Sanya, na China. Faltam menos de 3 mil quilômetros para o líder Dongfeng Race Team cruzar a linha de chegada. Mesmo com vantagem superior a 100 quilômetros para o espanhol MAPFRE e também para o bloco intermediário, os chineses não podem comemorar vitória antes do tempo.

January, 2015. Leg 3 to Sanya onboard Dongfeng Race Team. Day 16. At the end of watch blinking takes a few seconds longer for Liu Xue, aka Black.
January, 2015. Leg 3 to Sanya onboard Dongfeng Race Team. Day 16. At the end of watch blinking takes a few seconds longer for Liu Xue, aka Black.

“Obviamente estamos felizes com o desempenho. Mesmo assim, a regata é tensa e não podemos relaxar. Sonhamos em chegar em primeiro em casa, mas temos preocupações de sobra, principalmente a passagem pelo Estreito de Malaca”, disse Charles Caudrelier, comandante do Dongfeng.

São 13 dias seguidos de domínio do Dongfeng. Desde a largada, os chineses se revezam na liderança. Se der certo, o barco será o primeiro de seu país na história da Volvo Ocean Race a vencer uma etapa e ainda por cima assumir a liderança isolada da competição.

Em segundo lugar, após a última atualização, está o MAPFRE, seguido por Abu Dhabi, Team Alvimedica, Team Brunel e Team SCA.

January 18, 2015. Day 15 of Leg 3 to Sanya, onboard MAPFRE. Xabi Fernandez on the helm driving MAPFRE to the Malacca Straits in second place.
January 18, 2015. Day 15 of Leg 3 to Sanya, onboard MAPFRE. Xabi Fernandez on the helm driving MAPFRE to the Malacca Straits in second place.
January, 2015. Leg 3 to Sanya onboard Team Brunel. Day 15. Rokas Milevicius stacking sails.
January, 2015. Leg 3 to Sanya onboard Team Brunel. Day 15. Rokas Milevicius stacking sails.

Fonte: Volvo Ocean Race

XXVI Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina acontece em Fevereiro

O Katana está em busca de mais um título | Foto de Gabriel Heusi
O Katana está em busca de mais um título | Foto de Gabriel Heusi

Entre os dias 04 e 07 de fevereiro, a Raia de Jurerê recebe os principais veleiros do país em uma das principais semanas náuticas do Brasil.

FLORIANÓPOLIS (SC) – 09/01/2014 – O Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha organiza, entre os dias 04 e 07 de fevereiro, o XXIV Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina. A competição é uma das mais tradicionais do calendário de vela do país, atraindo competidores de todo Brasil. Válido para a Copa Brasil de Vela de Oceano, o evento ganha ainda mais força com presença dos veleiros das classes ORC, IRC, C30, BRA-RGS, HPE25 e Bico de Proa.O Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina tem bastante tradição sendo considerado uma das principais semanas náuticas do país, ao lado de Ilhabela e Búzios e para 2015 as expectativas são ainda maiores com a entrada da Mitsubishi como patrocinadora oficial do evento.

Durante os quatro dias de competições estão previstas as disputas de seis regatas para todas as classes, sendo uma longa/média e outras cinco Barla-Sota. Somente para os veleiros de RGS C e Bico de Proa estão programadas quatro regatas – uma longa/média e três Barla-Sota. Todas as disputas estão previstas para início ás 12h, exceto para as regatas de percurso longo, que terão sinalização de partida a partir das 11h.

Além de sediar as competições, os veleiros do Iate Clube de Santa Catarina têm ainda a responsabilidade de manter os títulos em duas classes. O Katana, do comandante Fábio Filippon, fita azul na última Regata Volta à Ilha, realizada em dezembro, é o atual campeão na Classe C30 do Circuito Oceânico. Em 2013, o título veio na última regata após uma vitória emocionante na última regata e uma combinação de resultados que proporcionaram a conquista. Entre os barcos de RGS, o Bruxo, de Luiz Carlos Schaefer, detém o título de 2013, após uma campanha impecável na raia de Jurerê, com cinco vitórias em seis regatas.

INSCRIÇÕES:
As inscrições para o XXVI Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina já estão abertas. Para mais informações basta entrar em contato com a Secretaria de Eventos Náuticos do Iate Clube de Santa Catarina através do email eventosnauticos@icsc.com.br ou no (48) 3225-7799 com Lucas ou Fogaça.

Fonte: CBVela

Pernambucana Marina da Fonte é campeã da Copa Brasil de Estreantes

Marina comemora com a flotilha de Pernambuco | Foto de Fred Hoffmann
Marina comemora com a flotilha de Pernambuco | Foto de Fred Hoffmann

A velejadora do Cabanga Iate Clube de Pernambuco, Marina da Fonte, 12 anos, sagrou-se campeã da Copa Brasil Estreante de Vela, competição realizada na raia da Praia do Flamengo/Escola Naval, na Baia de Guanabara, no Rio de Janeiro até este domingo (11). Ao todo, 65 atletas de Optimist disputaram a competição.

Marina da Fonte conquistou o primeiro lugar geral e o primeiro lugar no infantil ao somar 20 pontos. Em seis regatas, Marina venceu duas, tirou um segundo lugar, um sétimo e um nono. Seu pior resultado, um 17º foi descartado. O segundo lugar geral ficou com o carioca Bernardo Martins com 26 pontos. Bernardo Pereira, da Bahia, ficou na terceira posição com 30 pontos.

A Copa Brasil Estreante é voltada para velejadores que não tenha participado de qualquer regata oficial da classe antes de 31 de janeiro de 2014 e nem de nenhuma Copa Brasil de Optimist.

Os resultados completos podem ser vistos em: http://bit.ly/1FKYGZ2

Com informações da assessoria do Cabanga Iate Clube

Fonte: CBVela

Tiago Quevedo é bicampeão brasileiro de Optimist

Tiagovitoria2

Tiago Quevedo venceu o Campeonato Brasileiro da classe Optimist, no Rio de Janeiro, e tornou-se o primeiro gaúcho a conquistar o título em dois anos seguidos. A competição encerrou neste domingo após a disputa de 12 regatas na baía da Guanabara. Em segundo lugar ficou Tiago Monteiro (SP), em terceiro Gabriel Lopes (RS). Ainda pela flotilha Minuano Nicolas Mueller ficou em 50º e Gabriel Rimoli, em 54º.

Tiago confirmou sua posição de melhor velejador na classe Optimist no país ao liderar o campeonato do início ao fim e repetir o bom desempenho de 2014 em Pernambuco. Ele abriu uma considerável diferença de 32 pontos sob o segundo colocado e na primeira fase manteve uma média de 1º e 2º nas regatas. Teve apenas dois resultados que destoaram dos demais na classificação, mas para manter sua hegemonia fechou com vitória na prova final.

Tiagovitoria1

“Como já era esperado, a divisão da flotilha em ouro e prata deixou o nível técnico ainda mais forte, com uma disputa bem mais puxada entre os primeiros colocados. Procurei fazer o meu melhor e deu tudo certo”, disse Tiago, 14 anos.

O bicampeonato não chegou ser uma surpresa para ele, pois sua expectativa era mesmo de vencer novamente o Brasileiro de Optimist. “Sentia que me encontrava num bom momento e conhecia meus adversários. Me preparei muito, fiz clínicas no Rio antes do evento. Meu foco era vencer, sabia das dificuldades e como teria que superá-las. Agradeço muito aos meus técnicos, ao Geison Mendes, a minha família e amigos que me incentivam muito e ao meu clube, os comodoros Cícero Hartmann e Eduardo Ribas que me têm dado um grande apoio”, finalizou Tiago que não poderá correr o Brasileiro de 2016 porque vai estourar a idade limite da classe que é de 15 anos. Sua principal meta agora é integrar novamente na equipe brasileira para o Mundial de 2015 na Polônia.

Esta é a primeira vez que um velejador gaúcho vence dois campeonatos brasileiros consecutivos na Optimist. O último bicampeão foi Frederico Rizzo, mas intercalado (1994 e 1996). Desde o ano passado Tiago tem liderado o ranking nacional de Optimist e colocou o Brasil em evidência no Campeonato Mundial de 2014 ao terminar em quinto lugar na competição realizada na Argentina.

A flotilha gaúcha também se destacou no Rio de Janeiro ao vencer o Brasileiro por Equipes de 2015 com o time RS1 composto pelos velejadores Tiago Quevedo e Gabriel Lopes, do Veleiros do Sul, e por João Emílio Vasconcelos e Guilherme Plentz do Clube dos Jangadeiros.

Gabrielfinal

Investimentos na vela – O destaque da flotilha Minuano do Veleiros do Sul no âmbito nacional é fruto da política de investimentos na vela de base e que também reflete na formação de velejadores olímpicos. O clube, que completou em dezembro 80 anos de fundação possui grande tradição na vela brasileira. No final do ano passado assinou convênio com a Confederação Brasileira de Clubes, para receber as verbas da Lei Pelé que lhe permitirá fazer investimentos nos seus projetos esportivos, na busca de revelar novos talentos para assegurar o futuro do esporte da vela no país. Os resultados já alcançados projetam uma temporada promissora para 2015.

Súmula final

Fonte: VDS

Audi YCSA Sailing Team tem primeiro desafio na 420

mundial420_7

Começou, em Ilhabela, o Campeonato Brasileiro da Classe 420 2015.

Organizado pela Prefeitura Municipal de Ilhabela, Associação Brasileiro da Classe 420, CBVela e Coordenação Paulista da Classe 420, o primeiro dia está reservado para recepções, inscrições e medições.

Com sede na Escola Municipal de Vela de Ilhabela (EVI), o evento vai até 22/01 e começa para valer no domingo dia 18/01, com regatas programadas para as 14h.

lhabela, capital nacional da Vela, reune os melhores velejadores da classe de monotipo para intensas disputas no canal de São Sebastião, entre eles as duplas do Yacht Club Santo Amaro que irão defender a equipe Audi YCSA Sailing Team.
É o primeiro desafio da equipe do YCSA, que no seu último compromisso de 2014 em Dezembro, trouxe o ouro e o bronze para São Paulo no Sul Americano da classe, com as duplas Eric Belda e Rodrigo Dabus (1º) e André Fiuza e Stephan Kunath (3º).
O evento será aberto aos velejadores registrados na Federação Internacional de Vela (ISAF) e filiados à Associação Brasileira da Classe 420. Por ser etapa única, esta competição define o campeão do ano.
brasileiro_420_2015
Fonte: YCSA

Audi reforça apoio à vela jovem do Yacht Club Santo Amaro

Alex e Robert | Foto: ZDL / Divulgação
Alex e Robert | Foto: ZDL / Divulgação

Robert Scheidt, maior atleta olímpico do País, recebe no YCSA executivos da empresa patrocinadora e elogia a parceria

São Paulo (SP) – A história da vela, terceira modalidade que mais rendeu medalhas ao Brasil em Jogos Olímpicos, passa diretamente pelo Yacht Club Santo Amaro (YCSA), clube tradicional na revelação e formação de velejadores. A partir de março de 2014, a missão de assegurar o futuro da vela no País foi reforçada com a criação do Audi YCSA Sailing Team. A evolução do trabalho levou o presidente e CEO da Audi do Brasil, Jörg Hofmann, idealizador da parceria, e o vice-presidente mundial de vendas e marketing da Audi AG, Luca de De Meo, a visitar o clube da Represa Guarapiranga nesta semana e constatar a eficiência do projeto.

Jörg e Luca foram recebidos pelo embaixador da Audi no Brasil e associado do YCSA, Robert Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas e 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star. Os velejadores Martin Lowy, em campanha olímpica na classe Nacra 17, com Adriana Overgoor, e Nicolas Garcia, da classe Laser, presentearam os executivos da Audi com flâmulas do YCSA e uniformes do Audi YCSA Sailing Team, enquanto o gerente geral do clube, Marcos Biekarck, e o diretor de vela, Maurizio Mazzaferro, apresentaram os principais pontos do projeto. Barcos das classes de base: 420, Optimist, Laser, Byte e 29er, foram expostos e vistoriados por Jörg e Luca no gramado junto ao pier.

Gerente Geral do YCSA, além de velejador, Marcos Biekarck comemorou os objetivos atingidos antes do fechamento do primeiro ano da parceria. “Cumprimos a meta de formar uma equipe forte nas classes de base da vela. Não é fácil juntar crianças e adolescentes para montar um time de forma organizada, mas os atletas logo perceberam os benefícios trazidos pelo projeto e fizeram a parte deles. Assumiram o compromisso com a Audi e com o clube e hoje todos estão cientes de suas responsabilidades, o que facilitou nosso trabalho”.

Marcos e Maurizio | Foto: ZDL / Divulgação
Marcos e Maurizio | Foto: ZDL / Divulgação

Recursos, motivação e disciplina – Maurizio, pai de três velejadores, Claudia, Carlo e Stefano, que correram o mundo representando o YCSA e conquistando títulos em classes como Laser e Optimist, vê o apoio da Audi sob três aspectos: recursos mais agressivos que impactam em resultados; motivação para as crianças que se sentem parte de um time forte e organizado; além da disciplina adquirida no esporte e que em breve poderá ser transferida para a vida profissional.

Optimist na Guarapiranga | Foto: Volnys Bernal / YCSA
Optimist na Guarapiranga | Foto: Volnys Bernal / YCSA

“Quando eles recebem o uniforme com o logo da Audi percebem que estão representando um clube e uma empresa de muita credibilidade no esporte”, observou Maurizio, lembrando que a Audi também patrocina as equipes olímpicas de vela de Alemanha e Austrália. O Audi YCSA Sailing Team conta com cerca de 40 velejadores e técnicos específicos para cada uma das classes. O head coach (técnico geral) do time é o maior medalhista da vela brasileira em Jogos Pan-americanos, Claudio Biekarck, o Claus. Além do aporte em recursos humanos, a parceria possibilita ao YCSA, a aquisição de barcos, velas e equipamentos novos, assim como a viabilização de viagens para as principais regatas no País e no Exterior.

Nicolas, Alex e Martin | Foto: ZDL / Divulgação
Nicolas, Alex e Martin | Foto: ZDL / Divulgação

Palavra de bicampeão – Após passar várias informações e ser elogiado por Luca de Meo, Robert Scheidt, sempre solicito, conversou com os velejadores Martin e Nicolas, que acabaram de entrar na faculdade. Ambos vão fazer Administração na ESPM, mesma disciplina que Robert cursou no Mackenzie. “Eles terão de conciliar o estudo com a vela até o momento em que tiverem de priorizar um dos dois. Com certeza gostam mais de velejar, mas é preciso garantir o futuro”, aconselhou Robert.

Em relação à Audi, Robert tem plana consciência do que significa um patrocínio no esporte de alto rendimento. “É importantíssimo ter a parceria, principalmente de uma empresa de tradição e que, ao mesmo tempo, dedica-se à vela olímpica e à base da modalidade. O projeto é inédito em um clube da represa (Guarapiranga). Os atletas precisam ter consciência desse valor para manter o apoio por muitos anos”, recomendou Robert.

Eric e Rodrigo, campeões na 420 | Foto: Ricardo Pedebos / VDS
Eric e Rodrigo, campeões na 420 | Foto: Ricardo Pedebos / VDS

Em café da manhã de campeões olímpicos do YCSA, Alex Welter (ouro na classe Tornado nos Jogos de 1980, em Moscou) sentou-se à mesa com Robert, Martin e Nicolas. Ídolo declarado de Robert, Alex expressou a vontade de ver Robert sempre ganhando. “Em ano que antecede a Olimpíada, inclusive com Jogos Pan-americanos e Mundial de Laser, ambos no Canadá, é preciso muito cuidado para não sofrer lesões. Principalmente em um barco como o Laser, que exige demais fisicamente, mas confio plenamente no Robert. Ele sabe o que faz”.

Casamento perfeito – Com a experiência do ouro olímpico, ao lado de Lars Bjorgstrom, Alex tem acompanhado os jovens velejadores do YCSA nas classes de base e fez questão de valorizar a parceria. “Por se tratar de uma marca de veículos Premium da Alemanha, combina muito com o YCSA, celeiro na formação de velejadores. Lembrando ainda, que o clube foi fundado a mais de 80 anos por imigrantes alemães. O apoio da Audi é de grande importância para qualificar os treinamentos da equipe e prepará-la para os desafios do esporte”.

Café de campeões | Foto: ZDL / Divulgação
Café de campeões | Foto: ZDL / Divulgação

A conquista mais recente do Audi YCSA Sailing Team foi o título Sul-americano de 420 há menos de um mês em Porto Alegre, com Eric Belda e Rodrigo Dabus projetando temporada promissora para 2015. A dupla conta com a inspiração de vários ídolos do próprio clube. Com 17 pódios, a vela é o terceiro esporte que mais trouxe medalhas para o Brasil em Jogos Olímpicos, sendo que o YCSA esteve oito vezes no pódio. A vela fica atrás do vôlei (quadra e praia) com 20 e do judô com 19 medalhas. A coleção foi aberta pelo pioneiro Reinaldo Conrad em 1968.

Confira as conquistas olímpicas do YCSA:
Reinaldo Conrad e Burkhard Cordes – México 1968 – Bronze na Flying Dutchman
Reinaldo Conrad e Peter Ficker – Montreal 1976 – Bronze na Flying Dutchman
Alex Welter e Lars Bjorkstrom – Moscou 1980 – Ouro na Tornado
Robert Scheidt – Atlanta 1996 – Ouro na Laser
Robert Scheidt – Sidney 2000 – Prata na Laser
Robert Scheidt – Atenas 2004 – Ouro na Laser
Robert Scheidt e Bruno Prada – Pequim 2008 – Prata na Star
Robert Scheidt e Bruno Prada – Londres – 2012 – Bronze na Star

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

ZDL
Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044

2014 Yachtsman of the year awards

 

13/1/2015 Trinity House London. boats.com YJA Yachtsman of the Year Awards. Sir Robin Knox-Johnston, winner of the 2014 boats.com YJA Yachtsman of the Year Award, with Ian Atkins, CEO of boat.com, and Bob Fisher, Chairman of the Yachting Journalists' Association, who presented the award at a gala luncheon at Trinity House today.
13/1/2015 Trinity House London. boats.com YJA Yachtsman of the Year Awards.
Sir Robin Knox-Johnston, winner of the 2014 boats.com YJA Yachtsman of the Year Award, with Ian Atkins, CEO of boat.com, and Bob Fisher, Chairman of the Yachting Journalists’ Association, who presented the award at a gala luncheon at Trinity House today.

Sir Robin Knox-Johnston wins boats.com YJA Yachtsman of the Year Award

Emma Wilson wins Young Sailor of the Year

Dateline: 13th January 2015, Trinity House London: Seventy-five-year-old Sir Robin Knox-Johnston is today named British yachtsman of the year by the Yachting Journalists’ Association at a prestigious awards ceremony sponsored for the first time byboats.com, the global online resource for boating enthusiasts to explore, discover and research. The awards were presented by Ian Atkins, president of boats.com and Bob Fisher, Chairman of the YJA, at a gala ceremony at Trinity House in London.

Sir Robin’s outstanding sailing exploits impressed the Country’s foremost sailing journalists, as members of the YJA voted him the eventual winner from a closely contested shortlist that included ISAF sailing world champion Giles Scott from Weymouth and Hamble based solo transatlantic sailor Miranda Merron.

At the age of 75, Sir Robin’s achievements last year culminated in an astonishing third in class finish in the renowned Route du Rhum solo transatlantic race. Today marks the fourth time the Portsmouth based sailor has been crowned Yachtsman of the Year – the first dates back to 1969, when he famously became the first person to complete a non-stop solo circumnavigation.

Accepting his award, Sir Robin said: “At last I’ve caught up with Sir Ben Ainslie having now won my fourth award. The other two nominees have performed fantastically and both deserved to win – so I would like to thank everyone who voted for me.”

15 year old Emma Wilson from Christchurch, Hants, winner of the  2014 boats.com YJA Young Sailor of the Year Award, presented after training today at Portland and beamed directly to the awards ceremony at Trinity House, London today.. Photo Barry Pickthall/PPL
15 year old Emma Wilson from Christchurch, Hants, winner of the 2014 boats.com YJA Young Sailor of the Year Award, presented after training today at Portland and beamed directly to the awards ceremony at Trinity House, London today.. Photo Barry Pickthall/PPL

Windsurfer Emma Wilson from Christchurch in Dorset, the current Youth World champion, was named the boats.com YJA Young Sailor of the Year at the same awards ceremony. She topped a strong shortlist that included under-16 Topper Sailing World Champion Calum Rosie from Helensburgh, Scotland and national Honda RYA Youth RIB Champion Kamila Czartolomna from Wolverhampton.

Emma’s string of World and European windsurfing title wins last year convinced YJA members that she was a worthy winner. Still only 15, she won both the under-17 and under-19 world championship titles in Clearwater, USA, last October, to add to her European under-17 win earlier in the year.

Emma commented: “It feels amazing to have won. I’d like to thank my coaches and everyone who voted for me, as well as my family for all their support. I didn’t think I was going to win the Youth World Windsurfing Championship but everything seemed to come together for me in October last year. It’s really nice to be following in the footsteps of the previous winners and who knows hopefully I’ll get to go to the Olympics in 2020.”

As well as the two main awards, there was also a special Lifetime Achievement Award for Iain Percy, OBE. This recognised his contribution to the enormously successful Bart’s Bash charity initiative to raise funds for the Andrew Simpson Sailing Foundation.

Receiving his award via video-link, Iain commented: “I am very honoured to have been given this award. Bart’s Bash has turned out to be such an amazing event that has already introduced many people to our sport. It is the perfect mix of racing, family and fun which is why I believe it has been so popular. The event is a huge team effort with so many people involved and I would like to recognise everyone for making this happen including the Andrew Simpson Sailing Foundation which has been instrumental from the very beginning.”

Ian Atkins, president of new award sponsorboats.com, added: “We announced our involvement with this highly prestigious award just recently, and are very proud to be a part of today’s celebration to honour the worthy winners and all those shortlisted. As a long-time competitive sailor myself, I felt strongly about being involved in a framework that rewards the most deserving yachtsmen. This new partnership with the YJA represents a perfect fit forboats.com, and I’m delighted that we are now part of these historic awards.”

The Yachtsman of the Year Award was established in 1955 by Sir Max Aitken, Battle of Britain pilot, chairman of Express Newspapers, and a leading yachtsman in both sail and power. Previous winners of the award include Dame Ellen MacArthur and four-time Olympic gold medallist Sir Ben Ainslie.

Sir Ben Ainslie, receiving a boats.com YJA life-time achievement award on behalf of Iain Percy, Iain Percy, OBE. This recognised Ian's contribution to the enormously successful Bart’s Bash charity initiative to raise funds for the Andrew Simpson Sailing Foundation. The Award was presented by Ian Atkins, CEO of boats.com and Bob Fisher, Chairman of the Yachting Journalists' Association, who presented the award at a gala luncheon at Trinity House today. Photo Barry Pickthall/PPL
Sir Ben Ainslie, receiving a boats.com YJA life-time achievement award on behalf of Iain Percy, Iain Percy, OBE. This recognised Ian’s contribution to the enormously successful Bart’s Bash charity initiative to raise funds for the Andrew Simpson Sailing Foundation. The Award was presented by Ian Atkins, CEO of boats.com and Bob Fisher, Chairman of the Yachting Journalists’ Association, who presented the award at a gala luncheon at Trinity House today. Photo Barry Pickthall/PPL

dateline 13/1/2015 Trinity House London. boats.com YJA Yachtsman of the Year Awards.Under-16 Topper Sailing World Champion Calum Rosie from Helensburgh, Scotland runner-up for the 2014 boats.com YJA Young Sailor of the Year Award, with Bob Fisher, Chairm

Under-16 Topper Sailing World Champion Calum Rosie from Helensburgh, Scotland runner-up for the 2014 boats.com YJA Young Sailor of the Year Award, with Bob Fisher, Chairman of the Yachting Journalists' Association, who presented the award at a gala luncheon at Trinity House today. Photo Barry Pickthall/PPL
Under-16 Topper Sailing World Champion Calum Rosie from Helensburgh, Scotland runner-up for the 2014 boats.com YJA Young Sailor of the Year Award, with Bob Fisher, Chairman of the Yachting Journalists’ Association, who presented the award at a gala luncheon at Trinity House today. Photo Barry Pickthall/PPL
The Rev Bob Shepton, winner of  the 2013 boats.com YJA Yachtsman of the Year Award, with Bob Fisher, Chairman of the Yachting Jounalists' Association, who presented the award at a gala luncheon at Trinity House today. Photo Barry Pickthall/PPL
The Rev Bob Shepton, winner of the 2013 boats.com YJA Yachtsman of the Year Award, with Bob Fisher, Chairman of the Yachting Jounalists’ Association, who presented the award at a gala luncheon at Trinity House today. Photo Barry Pickthall/PPL

We will be circulating video highlights of the event as soon as they are available. For further information please contact ian@mckennatownsend.com.

About boats.com
boats.com is the global online resource for boating enthusiasts to explore, discover and research in one destination. As the richest online resource of the global marine community,boats.com offers access to manufacturers’ new boat showcases, professional boat reviews and more editorial, videos and boating knowledge than any other marine website – all supported by a growing and dynamic audience. With nearly one million visitors viewing an average of 17 million page views each month,boats.com provides advertisers, boat builders, dealers and brokers with a targeted and engaged audience.

About Dominion Marine Media
Dominion Marine Media (DMM) is the leading partner of the recreational marine industry, offering comprehensive digital business solutions including the world’s largest marine web portals: YachtWorld,boats.com, Cosas de Barcos and U.S.-based Boat Trader. In 2013, more than 52 million unique visitors spent time researching products on DMM web and mobile sites, apps and social media outlets. DMM’s global reach includes 23 localized web portals which are translated into 13 languages. With offices in North America (Norfolk, Virginia; Seattle, Washington; and Vancouver, British Columbia), as well as in Europe (United Kingdom, Germany, Spain and Italy), and customers in 106 countries, DMM is a global organization that strives to bring the boating industry to the forefront of the digital world.

DMM is a division of Dominion Enterprises, a leading marketing services and publishing company that provides businesses with a comprehensive suite of technology-based marketing and business solutions including dealer management software, online advertising, lead generation, CRM, website design and hosting and data management services.

Fonte: boats.com