Bond Girl e Dom se aproximam do líder Ginga no Brasileiro de HPE 25

Regatas deste sexta-feira embolaram a classificação do Campeonato Brasileiro da Classe HPE 25, que segue até domingo na Baía de Guanabara

Rio de Janeiro (RJ) – O líder Ginga, de Ilhabela, conquistou a segunda vitória em quatro regatas no Campeonato Brasileiro da Classe HPE 25 que segue até domingo na Baía de Guanabara na primeira prova desta sexta-feira. Bond Girl e Phoenix, ambos da Flotilha Guarapiranga, chegaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente. Na segunda prova desta sexta-feira, vitória do 14 Bis, do Rio, campeão brasileiro em 2016, seguido por Relaxa, da Guarapiranga, e Alhena, da Marinha do Brasil.

sbnews-foto-20181116-02
Largada na Baía de Guanabara (José Olímpio / ICRJ)

O vento se manteve no quadrante sudoeste, mas rondou de 200° para 225° entre a primeira e a segunda regata, variando de 9 a 14 nós. A primeira prova foi marcada pela tríplice disputa entre Ginga, Bond Girl e Phoenix. Os três chegaram praticamente juntos na primeira boia de contravento e mantiveram a briga equilibrada até a linha de chegada, com vantagem de apenas três segundos do Ginga sobre o Bond Girl.

Na segunda regata prevaleceu o conhecimento da experiência pela tripulação local do 14 Bis, comandada por Victor Demaison. Logos após a largada, a flotilha de 27 barcos (29 inscritos) se dividiu em dois rumos. Alguns optaram por uma navegação mais costeira, junto à Escola Naval e ao Aterro do Flamengo. Outros preferiram seguir mais ao meio da raia, em direção ao Pão de açúcar, em busca da boia de contravento.

sbnews-foto-20181116-03
Mais uma vitória do Ginga (José Olímpio / ICRJ)

O 14 Bis se deu bem na escolha do posicionamento na largada e venceu a regata de ponta a ponta. “Nosso diferencial foi a largada. Conseguimos ver que o vento estava torcendo para a esquerda e optamos pelo rumo certo. Montamos a primeira boia na frente e depois administramos a velocidade do barco nas outras três pernas. Na primeira regata, mesmo sofrendo duas penalidades chegamos em 14º lugar”, relatou Demaison.

sbnews-foto-20181116-04
14 Bis na linha de chegada (José Olímpio / ICRJ)

Ginga e Phoenix, vencedores das duas regatas no primeiro dia do Brasileiro, chegaram em oitavo e sexto lugares, respectivamente. “Cometemos alguns erros nas pernas de popa da segunda regata. Ficamos em dúvida em relação à tática e caímos em um buraco de vento. Nem sempre tudo sai como a gente planeja. Acontece e vamos em frente”, resignou-se o timoneiro do Ginga, Vicente Monteiro.  

A partir da quinta regata, provavelmente neste sábado, será descartado o pior resultado e o Phoenix tem a 30ª colocação da primeira regata a ser eliminada. O barco do timoneiro Eduardo Souza Ramos ocupa a nona posição. O programa de oito regatas prevê mais duas neste sábado e as duas últimas no domingo, sempre a partir das 13h.             

sbnews-foto-20181116-05
Vela do Espetáculo voa (José Olímpio / ICRJ)

 

Classificação após quatro regatas

1 – Ginga (Breno Chvaicer) – Ilhabela : 1+2+1+8 = 12 pontos perdidos

2 – Bond Girl (Rique Wanderley) – Guarapiranga : 7+5+2+4 = 18 pp

3 – Dom (Pedro Lodovici) – Ilhabela : 4+4+6+5 = 19 pp

4 – Relaxa (Arthur Vasconcellos) – Guarapiranga : 2+14+5+2 = 23 pp  

5 – Tchuri (Hélio Lyra Jr.) – Rio de Janeiro : 11+6+4+13 = 34 PP  

6 – Carioca Fiote (Roberto Martins) – Rio de Janeiro : 10+12+7+7 = 36 pp

 

Ary Pereira Jr – ary70jr@hotmail.com
MTb: 23.297 / (11) 9 9275-7044
  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s