Phoenix veleja no Rio de Janeiro para defender o título brasileiro de HPE 25

Campeão em 2017 em Ilhabela, barco do tático André Fonseca enfrentará 30 tripulações na Baía de Guanabara a partir de quinta-feira (15)

Rio de Janeiro (RJ) – A previsão de cerca de 30 barcos e as condições peculiares de maré e de vento da Baía de Guanabara serão os maiores desafios para as tripulações do 14º Campeonato Brasileiro da Classe HPE 25, a partir desta quinta-feira (15). Principalmente para Phoenix, da Flotilha Guarapiranga, que vem ao Rio de Janeiro com a árdua tarefa de defender o título inédito conquistado em 2017, em Ilhabela.

sbnews-foto-20181108-10
Largada de HPE 25 em Ilhabela (Marcos Méndez / SailStation)

O barco paulista tem a seu favor a manutenção dos quatro tripulantes campeões no ano passado: Eduardo Souza Ramos, André Fonseca (Bochecha), Juninho de Jesus e Amauri Gonçalves, vencedores de três de oito regatas em 2017. O Campeonato Brasileiro de HPE é disputado a cada ano alternadamente entre Ilhabela e Rio de Janeiro. Em 2016, no Rio, o Phoenix foi vice-campeão, atrás do Rio Sail Tech.

“A missão de defender o campeonato será duríssima. Teremos adversários preparados como, os campeões de 2016, naturais do Rio; o Ginga, que vem embalado pela conquista da Copa Gil Souza Ramos no último domingo na mesma raia do Brasileiro. É a tripulação a ser batida. Pelo menos dez barcos têm condições de vencer”, prevê Bochecha, tático do Phoenix.

sbnews-foto-20181113-04
Phoenix e Cabron no Rio (José Olímpio / ICRJ)

Em 2017, o Brasileiro reuniu 24 barcos em Ilhabela. Phoenix ficou à frente do Fit to Fly, com Henrique Haddad, que correrá neste ano, e do Dom, de Pedro Lodovici, que também estará na raia. “Neste ano nosso objetivo é o pódio, o que seria um grande resultado. Será o Brasileiro de maior nível técnico. A classe cresceu muito nos dois últimos anos e se consolidou com a criação da Flotilha Guarapiranga”, avalia Bochecha, terceiro colocado no Paulista, vencido pelo Ginga na represa paulistana.

sbnews-foto-20181113-05
Mussulo e Dom (APJ Esportes)

As embarcações de de outros locais continuam chegando ao Iate Clube do Rio de Janeiro (ICRJ). Nesta segunda-feira chegou o Mussulo Angola Cable, de Ilhabela com tripulação baiana, para se juntar aos dez finalistas da Copa Gil Souza Ramos e aos demais barcos da Flotilha Rio de Janeiro. O Campeonato Brasileiro será disputado de 15 a 18 de novembro com previsão de oito regatas, duas por dia, e um descarte a partir da quinta prova.

 

 

 

Ary Pereira Jr – ary70jr@hotmail.com
MTb: 23.297 / (11) 9 9275-7044

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s