Ginga larga na frente na Copa Gil Sousa Ramos de HPE 25 no Rio de Janeiro

Tripulação de Ilhabela venceu duas das três regatas no primeiro dia; competição será definida neste domingo na Baía de Guanabara com um barco novo para o campeão

Rio de Janeiro (RJ) – O barco Ginga, de Ilhabela, venceu duas das três regatas deste sábado (10) pela Copa Gil Souza Ramos, final do ranking da Classe HPE 25 para as dez tripulações mais assíduas das flotilhas Guarapiranga, Rio e Ilhabela. Bond Girl, da Guarapiranga, venceu a primeira regata. O vento se manteve de quadrante sueste, mas oscilou entre 7 e 13 nós ao longo das três provas.

sbnews-foto-20181112-02
Largada na Baía de Guanabara (José Olímpio / ICRJ)

A final do Ranking Gil Souza Ramos oferece ao campeão o maior prêmio da vela brasileira, um HPE 25 “zero km”, em troca do barco atual. Ginga lidera com quatro pontos perdidos, seguido por Bond Girl, com seis e Dom, também de Ilhabela, com 11 pontos. A competição com sede no Iate Clube do Rio de Janeiro (ICRJ) será concluída neste domingo (11) com mais duas regatas, sem descarte.

Mesmo acostumados ao vento mais forte de Ilhabela, os tripulantes do Ginga superaram as dificuldades da raia carioca. “A primeira regata e a metade final da terceira tiveram ventos mais fracos e rondados. Sentimo-nos mais à vontade no vento forte, mas está muito bom para começar”, considerou Breno Chvaicer, comandante do barco pentacampeão da Semana de Vela de Ilhabela.

sbnews-foto-20181112-03
Rumo ao Pão de Açúcar (APJ Esportes)

O timoneiro do Ginga, Vicente Monteiro, elogiou o adversário mais próximo na classificação parcial após três regatas. “O Rique (Wanderley, comandante do Bond Girl), velejou muito bem. Foi regular e mostrou poder de recuperação na última prova. A forte correnteza dificultou a tática, mas conseguimos dar velocidade ao barco. Neste domingo vamos velejar na boa”, analisou Monteiro.

O Ranking Gil Souza Ramos dividiu as flotilhas de HPE 25 em Ilhabela, Guarapiranga e Rio de Janeiro, com três vagas para cada localidade e uma extra para quem realizasse mais eventos, com mais barcos, totalizando os dez finalistas mais assíduos. A quarta vaga coube a Ilhabela. A criação do ranking em 2017 motivou a classe fez com que a Represa Guarapiranga chegasse a 16 barcos HPE 25, enquanto a flotilha nacional ultrapassou 60 embarcações.

sbnews-foto-20181112-04
Conquest ecom (José Olímpio / ICRJ)

Classificação após três regatas

1 – Ginga (Ilhabela) – Breno Chvaicer : 2+1+1 = 4 pontos perdidos

2 – Bond Girl (Guarapiranga) – Rique Wanderley : 1+2+3 = 6 pp

3 – Dom (Ilhabela) – Pedro Lodovici : 3+3+5 = 11 pp

4 – Grifo (Rio) – Maurício Batista : 4+8+2 = 14 pp

5 – Conquest ecom (Ilhabela) – Marco Hidalgo : 7+4+4 = 15 pp

 

Ary Pereira Jr – ary70jr@hotmail.com
MTb: 23.297 / (11) 9 9275-7044

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s