ABVO – Atualização da Copa Brasil de Oceano.

Passada a Semana de Vela de Ilhabela, chega a hora de computar novamente os resultados da Copa Brasil de Oceano. O evento na Capital da Vela foi um sucesso e reuniu mais de 120 barcos do Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil, com disputas acirradas e bons dias de velejada. Algumas das regatas locais que serviram como aquecimento para o maior evento da vela oceânica do país, também entram na soma dos pontos da Copa Brasil e, por isso, algumas colocações acabaram mudando.

Na classe IRC o comandante Jonas de Barros Penteado tem se destacado com o seu Asbar IV, um Beneteau Firts 35 e segue na liderança da Copa Brasil com 103 pontos. Ainda na segunda colocação, o Rudá, um Firts 40 de Mario Martinez, soma 95 pontos após o bom resultado em Ilhabela. Já o terceiro lugar mudou e quem assume a posição é o Arbar II, um Delta 32 de Sergio Klepacz.

Na ORC, o Skipper 30 Maestrale Logsub/MaPMa, do Comodoro da ABVO Adalberto Casaes, que contou com o reforço da tripulação do Neptunus, de André Mirsky, durante a Semana de Vela de Ilhabela, continua na liderança com 115 pontos. Em segundo aparece o time do Bravíssimo 4, barco do mesmo modelo comandado por Luciano Secchin, que subiu 12 posições e agora tem apenas quatro pontos a menos. Na terceira colocação está o Santa Fé, um Dufour 36 de Nelson Thomé, com 88 pontos.

Já na classe BRA-RGS, o Sargaço, um Fast 365 do Grêmio de Vela Escola Naval, assumiu a ponta e abriu seis pontos de vantagem sobre o Zeus, um Beneteau Firts 40.7 do comandante Mitsuo Shibata, que aparece na segunda colocação. Em terceiro está o BL3, o Wind 34 do comandante Pedro Rodrigues, que tem feito um bom trabalho velejando apenas com alunos da escola de vela.

Dentre os Clássicos, apenas a SVI foi computada até agora para a Copa Brasil. O líder é o Madrugada, um 2 Ton Frers, de Niels Rum, seguido por Brazuca, um Cal 9.2 do comandante Rubens Bueno em segundo e do Aries III, um Frers 43 de Diogo Aguiar.

A Copa Brasil segue sendo disputada até o final do ano e o calendário das regatas válidas pode ser conferido clicando aqui. Os resultados completos estão disponíveis na página oficial da competição, no site da ABVO. O campeão levará para casa o lindo troféu Carlos Laport, que será entregue na festa de premiação. Lembrando que podem participar apenas os barcos associados à ABVO. Para quem ainda não garantiu a sua participação, basta clicar aqui e se filiar à ABVO.

 


ABVO
Rua Alcindo Guanabara 15 sala 902
Rio de Janeiro, RJ – 20031-130
Brasil

www.abvo.org.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s