Campeões sul-americanos do YCP comemoram título na Copa Paulista

Bellotti e Bueno na Star (Edu Grigaitis / Balaio de Ideias)

Marcelo Bellotti e Maurício Bueno retornam da Argentina para celebrar no Yacht Club Paulista o inédito título continental da classe Star, neste sábado (2)

São Paulo (SP) – Marcelo Bellotti e Maurício Bueno, estão retornando de Buenos Aires após a conquista do Campeonato Sul-Americano da classe Star. A dupla do Yacht Club Paulista (YCP) vai comemorar o título inédito no quintal da casa deles, a Represa Guarapiranga, aproveitando a 12ª Etapa da Copa Paulista, a última da temporada, neste sábado, 2 de dezembro, com a primeira regata às 13h00.

Deslizando na Guarapiranga
(JMendes / YCP)

Ao longo do ano Copa Paulista movimentou assiduamente a represa com as participações de mais de 400 velejadores e cerca de 200 barcos de 18 classes diferentes, motivo que faz os campeões sul-americanos considerarem o YCP como cenário ideal para as comemorações. “Foi na represa que iniciei minha carreira na vela, na Escola BL3. É praticamente minha casa, e o Yacht Club Paulista é onde estão os meus amigos”, justificou Bellotti. São esperados mais de 50 barcos.

Antes de chegar ao topo do pódio no Club Nautico Olivos, às margens do Rio da Prata, Bellotti já havia conquistado prata e bronze no Sul-Americano de Star. “Desde 2015 eu e Maurício temos treinado muito na Guarapiranga e em Ilhabela, mas o que nos fortaleceu foi a amizade sincera construída há três anos. Não vemos a hora de chegarmos ao YCP para festejarmos com os amigos”, desejou Bellotti. A dupla ainda tem parceria com o Iate Clube de Santos e apoio da BSS Blindagens.

Eficiência na água e no asfalto – Além das 35 milhas velejadas nas turvas águas do Rio da Prata, com duas vitórias em sete regatas e apenas 13 pontos perdidos, a “epopeia do ouro” ainda incluiu 4.600 quilômetros de asfalto entre São Paulo e Buenos Aires, amenizados pela conquista. “Ainda bem que vencemos. Já pensou retornar tudo isso sem o título? Seria muito mais desgastante”, afirmou Bellotti, enquanto atravessava o Estado do Paraná rebocando em seu carro o barco campeão, Capatosta.

Classe Snipe na Copa Paulista (Douglas Moreira / Fisheye Images)

Destacada por Bellotti como principal fator de resgate da vela na Guarapiranga, a Copa Paulista, criada em 2015 como Copa YCP, tem como maior atração nesta última etapa, pontuação dobrada nas regatas para o Ranking Anual. À noite, a premiação da temporada será feita durante jantar de confraternização no YCP. A classe mais ativa do ano vai receber o Troféu Joerg Bruder, em homenagem ao tricampeão mundial de Finn.

Será entregue também a premiação da 11ª Etapa, que teve entre os vencedores, Arno Buchli Jr, e Silvio Faleiros (ASBAC) na classe Day Sailer, André Schwarz (YCSA) na Laser, Enrico e Frederico Francavilla (YCSA) na Snipe, Mauro Arruda e Maria Violeta Gaspar (Sailing Center) na MT19’ e o barco Bond Girl, de Rique Wanderley (YCSA), na HPE 25. Além do YCP, Também organizaram a Copa Paulista neste ano, YCSA, CCSP e ICS.

 

Ary Pereira Jr – ary70jr@hotmail.com

MTb: 23.297 / (11) 9 9275-7044

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s