VI Circuito Marreco de Vela – Resultados e fotos

Foto: Ricardo Amatucci/ Jornal Almanáutica

VI CIRCUITO MARRECO FEZ SUA FINAL NO ÚLTIMO SÁBADO, 24/11/2017.

A regularidade consagrou os primeiros lugares da Classe Marreco, com destaque para o vice-campeão Gulliver, que vem melhorando seu desempenho desde 2016, quando foi considerado a revelação do ano, fruto do empenho de sua tripulação em treinos e na participação em todas as regatas realizadas na Represa de Guarapiranga.

14 Marrecos que compareceram à raia, num percurso teve início e fim em frente ao Sailing Center, sede da regata, para disputar a sétima e última regata do Circuito Marreco de 2017.

Já na largada era possível ver o domínio de Falcão Peregrino, Adesso e Gulliver, que saíram à frente no contravento.  Os demais disputavam espaço lado a lado.

Mestre largou muito bem mas, por ter largado junto à boia, após seu primeiro bordo, teve que dar preferência aos demais que vinham amurados a boreste. Por outro lado, Marlin XIV, conseguiu vantagem no primeiro bordo por ter largado no meio da linha de partida, e assumiu a primeira posição.  Entretanto, na segunda cambada, na altura do Clube de Campo, foi superado por Adesso e Falcão Peregrino.

As pernas de contravento sempre provocam encontros e negociação de posições entre os barcos. Em duas dessas situações, PS foi prejudicado.  Na primeira, Gulliver reconheceu seu erro e pagou uma punição de 720o.  Na segunda, o barco envolvido não reconheceu a falta e seguiu seu percurso, o que gerou um protesto de seu comandante que culminou com a desclassificação do outro barco.

Banzeiro, aproveitou-se disso para recuperar-se de uma largada não muito boa, para chegar à primeira boia em quarto, atrás de Adesso, Falcão e Marlin.

A terceira marca estava posicionada em frente ao pequeno farol do Condomínio Jardim das Américas na área apelidada de “terceiro lago”. No trajeto até ela, com vento de través, Argonautas e PS passaram Banzeiro.  Bem perto dele, seguiam Gulliver, Salgadinho e Forgada. Intruso, Pepei, Mestre, Sandén e Esconderijo, vinham logo a seguir, todos muito próximos tentando escapar da última posição.

A volta, também em través, mostrou Falcão cedendo sua posição para Marlin, Argonautas, PS e Gulliver, talvez tentando escapar de áreas onde a profundidade da represa está muito pequena, devido ao constante assoreamento que ele vem sofrendo.

Após a última boia, já em vento de popa, Falcão conseguiu recuperar-se e posicionou-se na quarta posição nas proximidades da boia.   Ali, Sandén também consegue ultrapassar Mestre.

Foto: Ricardo Amatucci/ Jornal Almanáutica

Enquanto Adesso seguia tranquilo para cruzar a linha de chegada em primeiro, uma espetacular batalha acontecia pela segunda posição, que foi decidida nos últimos metros, com Argonautas ligeiramente à frente de Falcão e de Marlin.  Um pouco atrás, outra acirrada disputa onde Gulliver superou Banzeiro e este foi ultrapassado por PS.

Ricardo Stávale, comandante do Pepei, contou como foi sua regata: “Com novo proeiro, o Sr. Edson Ortega, cheguei ao Sailing Center a motor e quase sem vento, rebocando o Banzeiro. Levava até um kit especial para regatas sem vento (salame, amendoim e cerveja). Porém, faltando poucos minutos para a largada, o vento entrou, com rajadas de 13 a 15 nós. Partimos bem, no meio do pelotão, e assim seguimos, sempre no pelotão do meio, até a última boia. Apostei que alguns adversários diretos (Forgada e Intruso) poderiam ter dificuldades com o balão. Eu e meu proeiro estreante decidimos ficar só na asa de pombo, e assim seguimos até completar a regata na frente dos outros dois.”

Prêmios – Foto tirada por membros da classe Marreco.

Um churrasco no Sailing Center (https://www.facebook.com/sailingguarapiranga/) coroou o encerramento do campeonato, onde os velejadores receberam os troféus oferecidos pelo patrocinador oficial, o Jornal Almanáutica (www.almanautica.com.br) e os vales descontos sorteados pela Loja Velamar (www.velamar.com.br).

A Classe Marreco também recebe o apoio de: LGA Produções Audiovisuais (https://www.lgaproducoesaudiovisuais.com), CYF (www.cyf.com.br) e AFETIAN (www.afetian.com.br).  A juria foi realizada com barcos e pessoal da VivantSP (www.vivantsp.com.br).

Premiação – Foto tirada por membros da classe Marreco.

Resultado da Sétima Etapa:

1º – Adesso (61) – Wilson Kato e Madalena Kato

2º – Falcão Peregrino (19) – Haroldo Fiocco e Antonio Correa

3º – Marlin XIV (011) – Victor Neubern e Artur Frontin

4º – PS (06) – Nelcides Marcondes de Souza e Maria Helena de Mesquita Pinto Souza

5º – Gulliver (91) – Reynaldo Cagnin Jr e Ricardo Nini

6º – Banzeiro (98) – Marcelo Rustiguer

7º – Salgadinho (207) – Renato Olandim e Alberto Henrique Rezende

8º – Pepei (14) – Ricardo Stávale e Edson Ortega

9º – Forgada (27) – Fernando Martins

10º – Intruso (73) – Isnard Xavier e Manoel Xavier

11º – Sandén (319) – Sá Netto

12º (troféu Tartaruga) – Esconderijo – Antonio Ferreira Lima e Elias Ângelo

13º – Mestre VII (203) – Carlos Freier

DSC – Argonautas (86) – Walter Fischer e Elaine

Classificação final do campeonato:

  • Campeão            – Falcão Peregrino
  • Vice-campeão   – Gulliver
  • Terceiro               – Marlin XIV
  • Quarto lugar      – Adesso
  • Quinto lugar      – Banzeiro

 

Classificação geral final:

Um abraço!

 Victor S. Neubern Jr.

Caros,

Em primeiro lugar quero parabenizar a todos os envolvidos na organização não só da bonita festa de encerramento do Circuito Marreco, quanto por todo o circuito.

Foi um prazer estar com vocês e divulgar a classe por todo o anos de 2017 em nosso site e no jornal distribuído nacionalmente (em breve o episódio no Canal do Youtube, quem não se inscreveu ainda, por favor, inscreva-se – é de grátis e nos ajudará a ter um endereço próprio no Youtube que ainda não temos até ter 100 inscritos…).

(Clique para conhecer https://www.youtube.com/watch?v=ZDzL8gDACsE&t=40s)

Separei algumas fotos pra vocês com carinho e disponibilizo no link abaixo. Na premiação não coloquei todas as fotos, priorizando os veleiros na água (são muitas fotos). Se alguém quiser alguma da premiação especificamente me peça por email em particular que eu mando). Usem como quiserem para divulgar a classe: Facebook, Twitter, Páginas pessoais, etc.

https://drive.google.com/open?id=1OH1ovVw21KMhXpx25hHWCgytlu4QeUlR 

Abraço,

Ricardo Amatucci

www.almanautica.com.br

4 comentários em “VI Circuito Marreco de Vela – Resultados e fotos”

  1. Nessa temporada os Marrecos deram um show…
    Todos os participantes estão de Parabéns.
    Só nos resta esperar a temporada de 2018.
    Grande Abraço à todos,
    Aproveito a oportunidade para reforçar um Feliz Natal e um próspero Ano Novo.
    Cmte. Sá Neto (SANDEN)

    Curtir

  2. Parabéns ao nosso grupo, em especial ao coordenador Marcelo, a nossa comissão, Vitor, Renato e Wilson pelo excelente trabalho na organização e incentivo, pelo brilhante trabalho realizado pelo Ricardo Amatucci do jornal Almanáutica, nosso grande amigo, incentivador e patrocinador.
    Agradecemos também a LGA Produções Audiovisuais.com, pelas camisetas doadas para o VI circuito Marreco, a CYF, a Velamar, a Sailbrasil pela divulgação,a VivantSP do nosso amigo Adrian pelo grande trabalho de juria, com a disponibilização de suas lanchas e seu tempo dispensado.
    Agradeço também ao Clube de Campo Castelo, Clube Itaupú e ao Sailing Center que receberam a classe Marreco.
    Agradeço também ao meu amigo e grande velejador Ricardo Nini que fez a proa do Gulliver.
    Feliz Natal e que estávamos novamente em 2018.
    Reynaldo (Gulliver)

    Curtir

  3. Parabéns a Classe Marreco em especial ao Marcelo, Victor, Renato e Wilson pela excelente organização dos eventos. Agradeço o amigo, patrocinador e grande incentivador Ricardo Amatucci do Jornal Almanáutica, LGA Produções Audiovisuais do amigo Antônio que nos presenteou com as lindas camisetas do VI Circuito Marreco, VIvantSP do amigo Adrian que disponibilizou suas lanchas e seu tempo para a classe, a CYF, a Velamar, a AFETIAN e ao SAILBRASIL NEWS pelas divulgações da classe.
    Agradeço também o clube de Campo do Castelo, Itaupú e ao Sailing Center por receberem a classe.
    Não podia deixar de agradecer o meu amigo, proeiro e grande velejador Ricardo Nini pelo desempenho durante todas as etapas do circuito Marreco, que levou o Gulliver ao vice-campeonato.
    Reynaldo ( GULLIVER )

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s