Sempre consulte um Yacht Broker!

Quem procura uma embarcação para comprar, seja ela a vela ou a motor, hoje em dia, consulta direto os anúncios de embarcações disponíveis na internet.

É rápido, confortável, dá uma ideia imediata de preços, lista de equipamentos, entre outros, enquanto apresenta uma enorme gama de opções disponíveis no mercado.

Se você já sabe o que procura e fizer a consulta através de um bom e renomado site de venda de embarcações, dá até para refinar a pesquisa dentro de parâmetros (preço, tamanho, modelo, ano de fabricação, etc) e só visualizar as opções que atendem a sua necessidade. Muito simples, rápido e prático.

Se você é um conhecedor do mercado náutico e principalmente de embarcações, não há o que discutir; os anúncios na internet são uma excelente maneira de se achar o que procura.

Então porque eu consultaria um yacht broker para realizar a mesma pesquisa?

Vamos entender primeiro o que é um yacht broker: Este é um especialista que atua na intermediação de compra e de venda de embarcações novas e seminovas, a vela e a motor, atuando sempre ou como representante do proprietário na venda ou do cliente na compra e, recebendo, normalmente, uma comissão acordada com o vendedor para comercializar sua embarcação. No caso de ser contratado por um comprador para que encontre e negocie uma embarcação para ele, também se define uma comissão que passa a ser paga pelo comprador. Neste caso, a comissão que receberia do vendedor, normalmente, é descontada ou devolvida ao cliente que o contratou.

Ainda, o mais importante, o yacht broker é (ou deveria ser) um profundo conhecedor das embarcações que comercializa e do mercado de embarcações em geral. Isso porque, a maioria das pessoas não sabe o que quer ou do que precisa em uma embarcação e, um bom yacht broker, irá ajudá-lo a identificar a embarcação que atenda perfeitamente as necessidades da sua família e de seu estilo de vida.

E não se engane, a maioria dos anúncios que você visualiza ao fazer uma pesquisa na internet, normalmente, foram postados por algum yacht broker.

Contudo, como precaução, faço uso de um trecho de comentário muito pertinente em uma pesquisa realizada pela SailBrasil e que reproduzo aqui… o comentário pode parecer duro, contudo, o objetivo desta pesquisa foi dar “voz” e uma chance de que os velejadores compartilhassem suas percepções. São comentários genuínos, fornecidos por pessoas que já foram proprietários, que possuem veleiro, que já velejaram ou que ainda velejam.

O trecho do comentário diz: “…um bando de brokers, fornecedores e prestadores de serviço que nunca foram proprietários de um veleiro e nem ao menos pisaram em um algum dia. São ignorantes da vela que, por acaso, tem um emprego no mercado náutico. Não dão opinião… eles vomitam opiniões só para poder vender. Então pergunto: Como podem, pessoas totalmente sem conhecimento, acharem que podem dar suas opiniões neste mercado? É um dos motivos que o mercado náutico no Brasil está no buraco. – A pessoa não quis se identificar”. (Leia a integra da pesquisa clicando aqui).

Conheço o mercado náutico e principalmente o da vela/ veleiros há muitos anos e me identifico com essa opinião, mesmo sendo um pouco duro com os yacht brokers.

Isso porque, são poucos os yacht brokers que realmente conhecem o que estão vendendo… a maioria, só pisa em uma embarcação para mostrar ao cliente e nunca navegou realmente para saber o que está dizendo. A maioria, nunca sequer teve uma embarcação na vida.

Por este motivo, quando tive de entrevistar uma pessoa para entender como está o mercado de embarcações, principalmente o da vela no Brasil, contatei o Fernando Buller Souto da BSouto Yachts.

Ele não só já teve veleiro e lancha (nem todos são perfeitos… 😊), mas é um exímio velejador de regatas muito conhecido no mercado da vela.

Veja abaixo as perguntas que fiz e as suas respostas:

SB: Que tamanho e tipo de veleiro você vende?

BSouto: Comercializo embarcações novas e usadas de médio a grande porte, ou seja, a partir de 26 pés, tanto importadas quanto nacionais. Hoje, a BSouto é parceira e revendedora dos estaleiros Bavaria Sailing, Jeanneau Sailing e Fountaine Pajot Catamarans.

SB: Quantos veleiros você tem hoje na sua carteira?

BSouto: Hoje são aproximadamente uns 20 veleiros usados, contudo, a carteira muda conforme vão entrando novos ou vou realizando vendas. Mas sempre temos uma boa média de veleiros para vender. Em relação aos novos não há estoque no mercado brasileiro, trabalhamos conforme consulta.

SB: Onde estão (estado) localizados os veleiros a venda?

BSouto: Tenho veleiros usados para vender em (estado) São Pauto, Rio de Janeiro, Bahia e no Sul (Florianópolis).

SB: Como foi o mercado de compra e venda de veleiros em 2017?

BSouto: Houve muita especulação e pouca compra em decorrência da situação que o país vive. No começo de 2017, os clientes tinham até medo de me atender, contudo, após a metade do ano melhorou consideravelmente.

SB: Qual é a expectativa para o final do ano de 2017 e para o ano de 2018?

BSouto: Crescimento. Estou tendo várias consultas de curiosos, que gosto quando acontece, pois, gera movimento e oportunidade, e de pessoas que nunca tiveram barco. Muitos me consultam a respeito de cursos e charters, o que, como dito anteriormente, gera movimento e oportunidade. Consultas mais específicas, na sua maioria, são de veleiros usados. Os novos importados barramos com o câmbio que as vezes prejudica a negociação.

SB: Como funciona o comissionamento na venda?

BSouto: A BSouto é associada à ABRACORE – Associação Brasileira dos Corretores de Embarcações e o estabelecido em convenção é 6 % do valor total da venda. Além de associado, sou o Diretor de Admissão da ABRACORE. A ABRACORE tem por objetivo regulamentar o mercado, profissionalizar e dar uma garantia tanto ao vendedor quanto ao comprador de embarcações de estar sendo atendido por um profissional capacitado.

SB: Como você ajuda o comprador durante o processo de seleção e compra?

BSouto: Sou mais um consultor do que um vendedor… tipo psicólogo (risos). Como tenho muita experiência no uso e como proprietário de embarcações, consigo avaliar cada embarcação de antemão, mostrando ao comprador de que está comprando um barco sólido e fazendo a coisa certa conforme a sua necessidade. Se vejo algo errado, mostro imediatamente. Procuro vender somente embarcações em bom estado e que atendam a essa necessidade. Não realizo “Survey” (análise técnica, mecânica e de engenharia em embarcações) e sim posso recomendar parceiros – acredito no “cada um na sua” – sem contar de que a pessoa, tem de ter autorização para emitir um laudo com engenheiro, o que não é o meu caso.

SB: Como funciona a saída para testar um veleiro?

BSouto: Se o cliente estiver realmente interessado e negociando, agendamos e saímos para velejar, geralmente, acompanhado do marinheiro para mostrar os veleiros/embarcações e seus equipamentos, jogo de vela, estrutura e solidez, motor… evitando fazer passeios longos que caracterizam charter. O objetivo é apresentar e tirar dúvidas.

SB: Como garante o bom estado do veleiro que está vendendo?

BSouto: A garantia é conhecer o barco, explicar tudo que eu vejo de certo e errado no barco… jogar limpo, caso haja necessidade recomendar fazer o survey.

SB: Quais são os custos que posso esperar ao comprar um veleiro?    

BSouto: Os custos, além do valor da compra (incluídos os 6% de comissão), se resumem aos mesmos de qualquer outro bem: Seguro do barco (depende do ano) e taxa de transferência. Uma informação importante é que a transferência deve ser realizada em até 15 dias, diferente de um automóvel, que pode ser realizada em até 1 mês.

SB: Existe financiamento para compra de veleiros (novos/ usados)?

BSouto: No caso dos usados geralmente é negociado com o próprio proprietário. Já na compra de veleiros novos importados a situação é diferente, ou seja, cada caso é um caso. Para isso tenho parceiros como a Master Marine, empresa especializada em comercialização de barcos, motores e peças importadas, com longa experiência no mercado que busca facilitar a vida dos clientes junto a Bsouto Yachts.

 

Caso decida na sua próxima compra não consultar um yacht broker, pelo menos, converse com alguém como o Fernando para que ele possa ajudá-lo a entender melhor o que está procurando e o que precisa. Como ele mencionou, ele é meio que um psicólogo do meio náutico e gosta quando “curiosos” o consultam.

Bons ventos!

 

Max Gorissen

 

Para maiores informações sobre embarcações e contato direto com a:

 

 

 

 

Telefone: 11 96841-4148

Site: www.bsoutoyachts.com.br

E-mail: fernando@bsouto.com

Contato: Fernando Buller Souto

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s