Setor náutico se reúne para falar sobre Gasolina Náutica

Foto: Acobar

Representantes do setor náutico, junto com a Petrobras e associações afins se reuniram em São Paulo, na ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENGENHARIA AUTOMOTIVA, no dia 29 de Junho de 2017, com o objetivo de unificar informações do problema causado pela utilização de gasolina automotiva em motores náuticos. Assunto que ainda gera muitas reclamações de clientes e elevados custos de garantia.

Dentre as informações colocadas na reunião a Petrobras informou que tem um combustível em desenvolvimento e necessita realizar testes de confirmação dos benefícios e vantagens da utilização do produto.
Um ponto relevante comentado  foi que não adianta reduzir-se o teor de etanol na gasolina pois isso só viria a piorar a possibilidade de separação de fases. Quanto maior o percentual de etanol anidro na gasolina com álcool, maior a capacidade de o combustível absorver água sem separar fases.
Hoje a oxidação não é mais um problema significativo, pois os fornecedores de insumos para a indústria náutica se adaptaram desenvolvendo novos materiais. Ressaltaram que, no entanto,  a formação de goma ainda ocorre em grande escala.
A ACOBAR, representada pelo seu presidente Eduardo Colunna, informou que está investindo para alterar a percepção de mercado de que “barco é para rico”, e produtos adequados ao segmento ajudam nessa mudança, pois evitariam os altos custos com manutenção de motores e riscos para os usuários. Barcos de lazer são para dar satisfação aos usuários e o combustível não deve ser um problema.
A próxima reunião, ainda não agendada, os participantes irão dar prosseguimento ao assunto trazendo mais dados para serem discutidos.

Participantes do grupo:

  • Afonso Cagnino (Yamaha)
  • Alexandre Moraes (BRP)
  • Antonio Villela (Petrobras)
  • Benedito Alves (Yamaha)
  • Eduardo Colunna (ACOBAR)
  • Gisela Pastorino (Petrobras)
  • Henrique Rogati (Yamaha)
  • Luis Felipe Mello (Mercury)
  • Luiz Eduardo Wendler (Volvo Penta)
  • Mario Sérgio de Almeida (Sec. Est. Energia e Mineração -SP)
  • Márcio Dottori (Revista Náutica)
  • Ricardo Malaman (Yamaha)
  • Rogério F. Gonçalves (Petrobras / AEA)
  • Tânia Ferreira (Sec. Est. Energia e Mineração -SP)

 

Maiores informações: http://www.acobar.org.br/

E-mail: acobar@acobar.org.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s