Caiçara comemora o bi da classe C30 na Regata Volta à Ilha

Caiçara larga ao centro (Aline Bassi / Balaio)
Caiçara larga ao centro (Aline Bassi / Balaio)

Barco do comandante Marcos Cesar fecha a temporada com o segundo título consecutivo no Circuito Ilhabela de vela oceânica

Ilhabela (SP) O sábado (3/12) será de festa para a tripulação do barco Caiçara na Regata Volta à Ilha. A tripulação comandada por Marcos de Oliveira Cesar busca a vitória final na temporada para comemorar em grande estilo o bicampeonato da classe C30 no Circuito Ilhabela de vela oceânica (Copa Suzuki). A tradicional regata em homenagem a Sir Peter Blake fecha a quarta etapa e conclui o calendário de 2016 no Yacht Club de Ilhabela.

Caballo Loco (Aline Bassi / Balaio)
Caballo Loco (Aline Bassi / Balaio)

“Conquistar o título por antecipação em uma classe tão equilibrada é uma honra para a tripulação do Caiçara. Demonstra que estivemos unidos, tivemos capacidade para superar as dificuldades e respeitamos os adversários. Até a terceira etapa o campeonato estava embolado, mas conseguimos manter a regularidade com uma sequência de vitórias”, celebra o comandante Marcos Cesar.

Para contornar Ilhabela, os bicampeões esperam vento forte, mais adequado às características do Caiçara. As previsões para sábado, porém, não são animadoras. “Gostaríamos de fechar o campeonato com uma bela regata para toda a flotilha, mas por enquanto a previsão indica vento sul fraco, de apenas seis nós (cinco km/h). Vamos aguardar”, resigna-se Marcos Cesar, justamente o vencedor da Volta à Ilha em 2015, com 8h54h00. O recorde da prova pertence ao Montecristo, com 6h05m12 em 2014.

+Realizado eCycle (Aline Bassi / Balaio)
+Realizado eCycle (Aline Bassi / Balaio)

O segundo colocado no Circuito Ilhabela é o Caballo Loco, de Mauro Dottori, e a expectativa é de que o +Realizado eCycle complete o pódio da temporada na classe C30 após a Volta à Ilha. “No último fim de semana tivemos dois dias intensos, com muitas alternativas em função da oscilação do vento. Em várias regatas, três barcos chegaram praticamente juntos em cima da linha, com uma diferença inferior a dez segundos entre eles. É o que garante a emoção na C30”, enfatiza o trimmer do +Realizado, Ricardo Apud.

O tripulante aproveita para elogiar os adversário e mostrar otimismo para o sábado. “O pessoal do Caiçara estão de parabéns. Eles velejaram muito e quase não deram chances aos demais barcos. Os velejadores do Caballo Loco também merecem o pódio pela consistência e pelas batalhas honestamente disputadas. Vamos encerrar o ano com a Volta à Ilha e espero vencer a regata. Temos barco e tripulação para isso. Iremos para cima deles”, decide Apud. Kaikias e Barracuda completam a flotilha da C30 em Ilhabela.

Kaikias na raia (Aline Bassi / Balaio)
Kaikias na raia (Aline Bassi / Balaio)

Classificação parcial da 4ª Etapa após seis regatas e um descarte

  1. Caiçara (Marcos de Oliveira Cesar) – 1 2 (3) 1 1 1 = 6 pontos perdidos
  2. Caballo Loco (Mauro Dottori) – 2 1 1 2 2 (3) = 8 pp
  3. +Realizado eCycle (José Luiz Apud) – (4) 3 2 3 3 2 = 13 pp
  4. Kaikias (Felipe Echenique) – 3 4 (5 DNC) 4 4 4 = 19 pp
  5. Barracuda (Humberto Diniz)

Ary Pereira Jr – ary70jr@hotmail.com

MTb: 23.297 / (11) 9 9275-7044

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s