Meta do Itajaí Sailing Team é ficar entre os primeiros na SVI

Crédito da imagem: Divulgação
Crédito da imagem: Divulgação

A equipe do Itajaí Sailing Team – time de vela que representa a cidade em competições oficiais – tem a meta de ficar entre os primeiros colocados da 43ª edição da Semana de Vela de Ilhabela, maior desafio do time em 2016, entre os dias 1º e 9 de julho. A equipe itajaiense vai disputar o campeonato na classe IRC. A equipe terá nomes importantes no cenário da modalidade como Marcelo Gusmão Reitz, sob o comando técnico de André ‘Bochecha’ Fonseca, que disputou a última edição da Volvo Ocean Race como único tripulante brasileiro.

A competição deve reunir 150 barcos de 13 classes diferentes no litoral norte paulista. A regata é a consagração da vela brasileira de oceano, mas a sua fórmula fundamental é colocar em um mesmo evento desde a elite da vela até os competidores de fim de semana, permitindo que ídolos e fãs participem juntos, divirtam-se e troquem experiências. A Semana de Vela de Ilhabela também estará abrigando o 3ª Campeonato Brasileiro da Categoria IRC.

Crédito da imagem: Divulgação
Crédito da imagem: Divulgação

De acordo com Alexandre dos Santos, idealizador do projeto Itajaí Sailing Team, a expectativa é chegar ao final da semana entre os melhores do Brasil. “Sabemos que lá estarão alguns velejadores de categoria olímpica, mas o time itajaiense vem treinando desde o começo do ano para alcançar um bom resultado”, destaca Alexandre.

Crédito da imagem: Divulgação
Crédito da imagem: Divulgação

Desde que adquiriu um veleiro modelo Soto 40, considerado um dos mais rápidos da classe Oceano, o time está participando de competições em nível nacional na categoria IRC. A categoria é uma regra de classificação que permite que diferentes projetos de barcos de oceano possam participar da mesma regata. O “rating” de cada barco é calculado levando-se em conta as medidas do barco, seu comprimento, peso, calado e área de vela.

O corretor de tempo resultante, o chamado “TCC”, é o handicap do barco. Depois da regata, o tempo real decorrido para completar o percurso de cada veleiro é multiplicado pelo seu TCC, resultando no tempo corrigido. O barco com o menor tempo corrigido é o vencedor da regata. O projeto do Itajaí Sailing Team tem o patrocínio da APM Terminals Itajaí, Multilog, JBS, Brasfrigo ,e Poly Terminais, e apoio da Anasol, Molim e Clindex.

Crédito da imagem: Divulgação
Crédito da imagem: Divulgação

— 

Maycon Cosme  |47| 8421-4585
Buriti Jornalistas Associados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s